Conecte-se conosco

Política

Governador Carlesse institui política de melhoramento genético e renova cooperação com Embrapa

Programa Mais Genética visa promover o fortalecimento das cadeias produtivas da carne e do leite

Publicados

em

Decreto assinado institui a Política Estadual de Melhoria da Qualidade Genética dos Rebanhos, o Programa Mais Genética Tocantins

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, acompanhado do secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), César Halum, e o secretário da Casa Civil, Rolf Costa Vidal,  assinou decreto que institui a Política Estadual de Melhoria da Qualidade Genética dos Rebanhos, o Programa Mais Genética Tocantins, na tarde desta terça-feira, 7, na Feira Agrotecnológica do Tocantins (Agrotins 2019).

A solenidade, que contou também com a presença do secretário de Indústria, Comércio e Serviços do Estado, Ridoval Darci Chiareloto, foi realizada na sala de reuniões do gabinete  do governador instalado no Portal Central, no Parque Agrotecnológico de Palmas. Também estavam presentes representantes de entidades do segmento produtivo e agropecuaristas.

O Programa Mais Genética Tocantins tem como finalidade promover a melhoria da qualidade genética dos rebanhos pecuários e o fortalecimento das cadeias produtivas da carne e do leite, por meio da união de instituições públicas e particulares ligadas ao segmento. A iniciativa visa beneficiar, prioritariamente, os pequenos e médios produtores esforços rurais, além de suas entidades representativas.

Além desses objetivos, o programa viabilizará a difusão de inovações tecnológicas, estímulo a utilização de reprodutores, matrizes e material genético com qualidade, para o melhoramento dos rebanhos. As ações serão desenvolvidas por meio de ferramentas de gestão, como o Pró-Genética, Pró-Fêmeas, Pró-Sêmen e Pró-Embrião.

Segundo o governador Mauro Carlesse, o Mais Genética Tocantins é fundamental para o melhoramento do rebanho tocantinense. “Com essa política que o governo está implantando vamos dar melhores condições para os nossos produtores competirem nesse mercado extremamente importante para a economia do Estado. O que queremos é oferecer um produto com mais qualidade e nem sempre o produtor tem acesso à tecnologias mais avançadas. E nossa função é essa enquanto governo, criar as políticas que vão facilitar a vida do produtor e gerar desenvolvimento”, disse.

O secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura, César Halum, ressaltou que o decreto é muito importante porque coloca o Tocantins como um Estado à frente num projeto de melhoramento que procura aprimorar o seu rebanho e reunir esforços de todas as entidades envolvidas no setor da pecuária de corte e leite. “Além disso, por meio do programa pretendemos abrir linhas de crédito com juros mais baixos para fazer um programa de retenção de fêmeas para aumentar nossa população bovina”, disse.

Para o presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Leite (Abraleite), Geraldo Borges, o programa servirá como modelo para os demais estados brasileiros porque é um incentivo a ações voltadas à melhoria genética do rebanho tocantinense, envolvendo todos os estágios do sistema produtivo, adotando práticas de outras ações institucionais já disponíveis. “É um programa que abraça todas as áreas necessárias para a expansão genética do rebanho. E se o governo está disposto a ajudar essa iniciativa com certeza vai se traduzir com ganho de produção”, afirmou.

Embrapa

O Governo do Tocantins prorrogou convênio de cooperação técnica com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) por um período de cinco anos. O convênio viabiliza o prosseguimento de pesquisas científicas e desenvolvimento tecnológico em parceria entre a Embrapa e órgãos ligados ao governo do Tocantins, como Seagro, Ruraltins, Unitins e Secretaria do Meio Ambiente.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política

Justiça Eleitoral do Tocantins inicia Planejamento das Eleições 2020

Publicados

em

 

Há pouco mais de um ano e seis meses das Eleições Municipais de 2020, o Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins já se antecipa no planejamento dos processos do escopo do Sistema de Gestão da Qualidade, e a primeira reunião, iniciada na manhã desta quarta-feira (15/5), discute até a próxima sexta-feira (17/5), os processos de Logística para Zonas Eleitorais e Atendimento ao Eleitor.

O Planejamento das Eleições 2020 segue até o dia 7 de junho. A segunda reunião acontece na próxima terça-feira (21/5) e tratará sobre os processos de Orçamento e de Bens e Serviços.

O diretor-geral, José Machado dos Santos, destacou a importância do planejamento para a qualidade dos serviços prestados. A Justiça Eleitoral do Tocantins está sempre preocupada com a melhoria do processo eleitoral no Estado, então vamos entregar para a sociedade aquilo que nos propomos a fazer, sendo efetivos e diminuindo custos, certos de que no dia 4 de outubro de 2020 realizaremos uma eleição eficaz”, afirmou.

Nesses três dias de encontro (15 a 17/5), os chefes de cartórios que compõe a comissão responsável pelos processos das zonas, juntamente com equipe de servidores da área de logística, planejamento, pesquisa e estratégia do TRE-TO, deverão apresentar todas as atividades e tarefas imprescindíveis à realização do pleito vindouro no prazo estabelecido no projeto de Planejamento das Eleições 2020. Para isto, serão revisados os indicadores dos processos e os riscos relacionados às atividades dos processos e feita análise e ajustes no planejamento no sistema PadLog 2.

“Será feito aqui um alinhamento de conceito e decidido as principais atividades e tarefas para serem, posteriormente, reaplicadas para todo o Estado. Ao final do encontro a comissão deve entregar três produtos: os riscos e indicadores revisados, e também o planejamento das eleições de 2020 nas zonas eleitorais em níveis de processo, atividade e tarefa”, explicou a assessora de Pesquisa, estratégica e Gestão da Qualidade (ASPEQ), Silvia Helena Dias dos Santos.

Cronograma de atividades

O Planejamento das Eleições 2020 segue até o dia 7 de junho. A segunda reunião acontece na próxima terça-feira (21/5) e tratará sobre os processos de Orçamento e de Bens e Serviços.

Data do planejamento

Processos

22/5
– Planejamento Estratégico e de Eleições;
– Comunicação Institucional;
– Ouvidoria
23/5
– Trâmite Processual Judicial de 1º e 2º grau;
– Inspeção nas Zonas Eleitorais
24/5
– Gestão do Cadastro de Eleitores;
– Votação;
– Apuração;
– Infraestrutura Tecnológica;
– Gestão de Urnas
27/5
– Diplomação;
– Alocação e Desenvolvimento de Pessoas
28/5
– Prestação de Contas Eleitorais; e
– Auditoria do Funcionamento das Urnas Eletrônicas


Comissão

Compõem a comissão responsável pelo planejamento do processo Logística para Zonas Eleitorais para a realização das Eleições 2020, os chefes de cartório Elias Mesquita Lopes (9ª ZE de Tocantinópolis), Domingos Galvão de Melo (3ª ZE de Porto Nacional), Guilherme Aires Loureiro (25ª ZE de Dianópolis), João Acácio Pereira da Silva (21ª ZE de Augustinópolis), Silas Milhomem (26ª ZE de Ponte Alta do Tocantins) e o coordenador de Sistemas Eleitorais e Logística, Fernando Mendonça Almeida.

Presentes

Além do diretor-geral, José Machado dos Santos, e dos membros da comissão, estavam presentes a assessora de Pesquisa, estratégica e Gestão da Qualidade (ASPEQ), Silvia Helena Dias dos Santos; o assessor de Planejamento e Gestão (ASPLAN-DG), José Atilio Beber; o estatístico Evaldo Menezes e os servidores da ASPEQ Heverson Braga e José Paiva.

 

 

Continue Lendo

Política

Governador Carlesse autoriza pagamento de R$ 500 mil para obras do Hospital do Câncer em Palmas

Valor oriundo de emendas parlamentares deve ser creditado na conta da instituição até o fim desta semana

Publicados

em

Hospital está sendo construído em Palmas e vai atender os pacientes em tratamento contra o câncer

 

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, determinou à Secretaria de Estado da Fazenda e Planejamento que realize o pagamento de R$ 500 mil, oriundos de emendas parlamentares, à Fundação Pio XII, que é a instituição responsável pela construção do Hospital do Câncer de Barretos, em Palmas. O repasse dos recursos deve ser creditado na conta da instituição até o fim desta semana.

“Esse é um apoio importante que os nossos parlamentares estão dando para a construção dessa obra, que vai ajudar a salvar muitas vidas. Apoiamos totalmente a construção do Hospital do Câncer, pois vai oferecer atendimento de qualidade. E as pessoas que precisarem desse tratamento não vão mais precisar ir para Barretos ou outros lugares, vão ser atendidos aqui”, disse o Governador.

O Hospital está sendo construído em Palmas e vai atender os pacientes em tratamento contra o câncer. A obra também é financiada pela sociedade organizada que vem realizando eventos de arrecadação de recursos. A primeira etapa da obra está em fase final de construção.

Continue Lendo

Política

Projeto proíbe informações sobre religião e orientação sexual em questionário de emprego

Júnior Geo também apresentou outras duas matérias em tramitação na casa

Publicados

em

 

O deputado professor Júnior Geo (Pros) é autor de um projeto de lei que tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) que proíbe pedir informações sobre religião e orientação sexual de candidatos nos questionários de empregos, admissão ou adesão a empresas públicas ou privadas, sociedades, associações e afins. Após a aprovação será obrigatória exposição das normas em todos os locais de seleção de forma visível e acessível aos candidatos.

“Para ter consonância com o estado democrático de direito e garantias dos diretos fundamentais da liberdade de crença e da orientação sexual, este projeto se faz necessário para proibir no âmbito do Estado do Tocantins qualquer ato discriminatório no momento da admissão em emprego”, admite a proposta.

É também do professor Júnior Geo a matéria que obriga a afixação de cartazes e informativos sobre direitos da pessoa idosa, em ônibus, repartições públicas estaduais, hospitais, agências bancárias e casas lotéricas, bem como a exibição da frase “disk 100”, para denunciar atos de violência contra pessoas idosas.

Em outra propositura o parlamentar sugere a criação da “semana estadual da maturidade ativa”. Entre os objetivos, segundo Geo, está estimular e motivar os órgãos públicos e privados à promoção, realização e divulgação de eventos que valorizem as pessoas com idade a partir dos 60 anos.

Continue Lendo