Conecte-se conosco

Cultura

Desenvolvimento Econômico encerra ano com várias conquistas e boas projeções para 2019

De acordo com o secretário, as projeções para o próximo ano são ainda melhores, pois envolvem a conclusão de projetos iniciados em 2018 e a previsão de novas ações

Publicados

em

Promoção turística é feita por meio da participação em feiras segmentadas, como Abav e Equipotel

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura é uma pasta de alta complexidade que tem em sua missão desde a atração de investimentos até o fomento à pesquisa científica, passando pela valorização dos atrativos turísticos do Estado e dos nossos expoentes culturais. “Trabalhando dentro desta prerrogativa tivemos várias conquistas em 2018, como a participação em eventos de nível nacional em todos os setores atendidos pela Seden, parcerias com instituições como a UFT e a Fieto, além do Governo Federal, para o desenvolvimento de projetos e financiamento de pesquisas, elaboração dos projetos necessários à implantação do Parque Tecnológico do Tocantins”, resume o gestor da Pasta, Wilson Charles Sousa de Seixas.

De acordo com o secretário, as projeções para o próximo ano são ainda melhores, pois envolvem a conclusão de projetos iniciados em 2018 e a previsão de novas ações. “Para 2019, temos o desafio lançado pelo governador Mauro Carlesse de ampliar nossa demanda de atendimento aos projetos que visarem o crescimento econômico do Estado do Tocantins, fomentando assim a geração de emprego e renda, e dessa forma o desenvolvimento do Estado como um todo”, garante Wilson Charles.

Desenvolvimento Econômico

A Superintendência de Desenvolvimento Econômico tem desenvolvido ações de elevada importância, que terão reflexo crescimento do Estado do Tocantins.

A Diretoria de Desenvolvimento Estratégico e Atração de Investimentos (DDEAI) esteve presente em diversas negociações, eventos nacionais e receptivo a empresários de outros estados e países interessados em investir no Estado. O setor destaca a entrega do projeto executivo para implantação do Parque Tecnológico do Tocantins e seu Centro de Inovação juntamente com o estudo de sua governança, por meio de convênio com a Universidade Federal do Tocantins e a Fundação CERTI, com utilização de recursos descentralizados do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).

Busca-se para 2019, além das ações de atração de investimentos por meio de feiras e exposições, missões nacionais e internacionais, visando a promoção do Estado, dar continuidade às negociações com a Receita Federal e Infraero para o alfandegamento do Terminal de Logística de Cargas do Aeroporto de Palmas (TECA), articulação para viabilização da TO-500 Transbananal, articulação para expansão do hub aéreo para os aeroportos do Tocantins e o início das atividades de navegação do Porto de Praia Norte, entre outros.

Já a Diretoria de Desenvolvimento Econômico (DDE) atuou no fortalecimento de Cadeias e Arranjos Produtivos (APLs) da Cachaça, Piscicultura e do Babaçu, um trabalho que envolve realização de estudos e pesquisas, elaboração de planos de desenvolvimento setoriais e diagnósticos voltados para a identificação e mapeamento de arranjos produtivos, de oportunidades e/ou potencialidades dos segmentos produtivos do Estado, promoção de capacitações profissionais, participação em eventos de promoção e divulgação comercial, como é o caso da Agrotins e da Aguishow 2018, em Santa Fé do Sul (SP), apoio na revitalização de associações e cooperativas.

Um dos destaques nesta atuação foi a assinatura do Termo de Colaboração Técnica entre a Seden e UFT, em abril, para o desenvolvimento de novos produtos a partir de frutos do cerrado tocantinense, agregando valor à nossa biodiversidade, estudo das propriedades físico-químicas, estudo comparativo com outros óleos e pedido de patente junto ao Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Também foi firmado acordo para iniciar a elaboração do estudo de mercado para compor o Projeto Escola de Lapidação de Cristal, em Cristalândia e assinado Termo de Colaboração Técnica com o Ceulp/Ulbra para elaboração do Plano de Marketing da APL do Babaçu.

Para 2019, além da continuidade dos projetos em andamento, a projeção é a participação em uma maior quantidade de eventos regionais e nacionais, rodadas de negócios, reestruturação do DAIARA Araguaína e implantação dos Distritos Industriais de Guaraí e Gurupi, estreitamento de relações com a Superintendência do Desenvolvimento da Amazônia (Sudam), entre outros.

Ciência e Tecnologia

Em 2018, o Tocantins tornou-se um dos primeiros estados brasileiros a lançar o novo Marco Legal, que estabelece medidas de incentivo à inovação e à pesquisa científica e tecnológica no ambiente produtivo, beneficiando os pequenos empreendedores que movimentam a economia do Tocantins. “Para 2019, o objetivo é aprovar o Marco Legal na Assembleia Legislativa, além disso, queremos trabalhar para que o Parque Tecnológico seja realidade no Estado”, afirma Márcio Silveira, superintendente de Ciência e Tecnologia e presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa.

Outras ações de grande relevância para o setor no Estado foram adotadas neste ano, como a realização de encontros com especialistas e instituições de ensino superior; capacitações; visitas técnicas; a liberação de recursos para pesquisadores do Programa de Pesquisa para o SUS (PPSUS), para as áreas de gestão em saúde, educação em saúde, epidemiologia e vigilância em saúde, sangue e hemoderivados, e assistência em saúde; abertura editais em parceria com a FAPT/Capes, anúncio do Programa de Estruturação do Sistema Estadual de Pesquisa, beneficiando cerca de 300 pesquisadores tocantinenses, gestão para abertura de mestrados e licitações para reforma de associações rurais; posse dos novos conselheiros de ciência e tecnologia no Tocantins; entrega de um caminhão para o Centro de Pesquisa Agropecuária da Universidade do Tocantins (Unitins-Agro).

Segundo Márcio Silveira, uma das missões de suas missões é aproximar o Estado da comunidade científica. “Ao assumir a superintendência de ciência e tecnologia e a presidência da FAP fizemos uma reunião com todos os pesquisadores do Estado no Palácio Araguaia, colocamos a situação real e as nossas dificuldades de orçamento, estabelecemos objetivos muito claros com a comunidade científica. E garantimos que lançaremos novos editais em 2019 em áreas estratégicas”, revela.

Turismo

A Superintendência de Desenvolvimento Turístico trabalha para tornar os produtos e roteiros turísticos tocantinenses conhecidos e competitivos no mercado regional, nacional e internacional. Neste sentido, inúmeras ações foram desenvolvidas nas regiões turísticas do Estado este ano. Para 2019, o superintendente de Turismo, Jandy Carvalho Matos, afirma que com o apoio do governador Mauro Carlesse, dos deputados e do Governo Federal, o setor ganhará novo impulso: além de dar continuidade aos projetos e ações em curso, pretende lançar o “Tocantins + Atrativo”, projeto de ações que visam fomentar e dar mais visibilidade ao setor no Tocantins, gerando emprego, renda e esquentando a economia.

A promoção turística é feita por meio de produção e distribuição de material eletrônico e gráfico, como revistas, folderes e mapas, além da participação em feiras segmentadas, como Abav e Equipotel, apoio e participação em eventos regionais, a exemplo da Agrotins e a Festa da Rapadura, no Jalapão. Também apoiando na execução de projetos voltados para a Temporada de Praia.

Dentre os eventos de grande porte, em 2018, o Governo do Tocantins participou da Vakantiebeurs, a Feira de Turismo Holanda 2018, em janeiro. Resultado desta ação, em abril o Estado recebeu um grupo composto por dez operadores de turismo daquele país, que visitaram as regiões do Jalapão e Cantão.

O Estado também marcou presença na 46ª Abav Expo 2018, evento realizado no mês de setembro, em São Paulo. O estande do Tocantins foi prestigiado pela presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Tetê Bezerra e atraiu as atenções de hosted buyers, operadores internacionais de Turismo que trabalham com a venda de roteiros/atrativos brasileiros no exterior e se interessaram, principalmente, por informações sobre o Jalapão e as Serras Gerais.

O ordenamento do turismo no Jalapão foi pauta de discussão entre técnicos da Seden, representantes do setor turístico, do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) e das prefeituras de Novo Acordo, Mateiros e Ponte Alta do Tocantins. Deve continuar em 2019.

O ordenamento turístico na Ilha do Bananal foi outro projeto iniciado neste ano e que deverá ter continuidade no próximo. Trata-se de uma iniciativa inédita da Fundação Nacional do Índio (Funai), que conta com a parceria da Seden, visando dar maior controle sobre a presença de turistas na região habitada por indígenas das etnias Javaé e Karajá, bem como desenvolver todas as suas potencialidades culturais e ambientais como produtos turísticos.

A qualificação de profissionais envolvidos no mercado do trade turístico, gestores e técnicos estaduais e municipais é outra ação desenvolvida pela Seden. Para 2019, a meta é atender trabalhadores da região do Jalapão e Serras Gerais, bem como dos municípios com praias.

O lançamento do Tocantins + Atrativo deverá ser o carro-chefe do Governo Carlesse para o setor do Turismo em 2019. Segundo Jandy Carvalho, as ações têm como finalidade trazer soluções técnicas para gargalos históricos, além de aumentar o número de turistas locais, nacionais e estrangeiros, contribuir para melhorar a infraestrutura de destinos tocantinenses, proporcionar o desenvolvimento do Turismo de maneira ordenada e sustentável, gerando emprego e renda. O pacote tem por base seis frentes principais que vão garantir o desenvolvimento ordenado das sete regiões turísticas do Estado: região do Bico do Papagaio, Encantos do Jalapão, Ilha do Bananal, Lagos e Praias do Cantão, Serras e Lago, Serras Gerais e Vale dos Grandes Rios.

Cultura

As ações mais relevantes da Superintendência de Desenvolvimento da Cultura foram voltadas ao fomento à produção, circulação e promoção da arte, da cultura e do turismo cultural. Por meio de edital de seleção, cerca de 12 artesãos circularam pelas principais feiras de artesanato do país, realizadas em Brasília, São Paulo, Pernambuco, Ceará, entre outras localidades, cujos visitantes puderam conhecer e adquirir peças em capim dourado, fibras, madeira, sementes e muitas outras matérias-primas que compõem a riqueza da produção artesanal tocantinense. Em nível estadual, o artesanato local também conquistou os visitantes do Espaço Empresarial na Agrotins.

“O exotismo do capim dourado atrai o público aos estandes, e os visitantes acabam conhecendo e adquirindo as outras peças”, explica a superintendente de Desenvolvimento da Cultura, Noraney de Castro, lembrando que a pasta também atuou na organização e realização de eventos artísticos, culturais e turísticos, cursos e oficinas; investiu em mostras e circulação de produtos artísticos e culturais, encontros, seminários, capacitação e formação para artistas, gestores, agentes e técnicos de arte e cultura, bem como na promoção de seminários, capacitação, investimento em mostras de arte.

Outras ações do setor foram a realização de inventário patrimonial do Estado, com levantamento dos bens culturais em municípios tocantinenses; realização da 12ª Primavera de Museus, no município de Arraias; elaboração de projeto estadual de inventário participativo, de referências culturais; elaboração de projeto de Educação Patrimonial; elaboração de projeto de implementação do Sistema Estadual de Bibliotecas; projeto de reforma do Museu Histórico do Tocantins – Palacinho; desenvolvimento de projetos voltados aos reconhecimento e valorização das culturas quilombola e indígena.

Para 2019, a previsão é de uma extensa lista de atividades, que incluem a realização de festivais de dança, música, teatro e circo; capacitação de secretários municipais de cultura; organização de uma feira regional de artesanato e de oficinas de captação para os municípios do Tocantins, além da continuidade de projetos iniciados neste ano, como o levantamento patrimonial dos municípios e das comunidades quilombolas e indígenas.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cultura

Netflix grava série em Natividade: conheça cinco curiosidades sobre o município histórico do Tocantins

Além de “O Escolhido”, Natividade também já serviu de cenário para outras produções; a mais recente foi a novela “O Outro Lado do Paraíso”

Publicados

em

O belo conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico de Natividade foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1987

A Netflix escolheu o município de Natividade no Tocantins para gravar sua primeira série original de suspense sobrenatural. A série O Escolhido é baseada na história mexicana Niño Santo, possui sete capítulos e traz no seu elenco principal a atriz Paloma Bernardi e o ator Renan Tenca.

Parte dos figurantes foi formada por moradores nativitanos trazendo mais naturalidade para a ambientação da série. A história gira em torno de três médicos que são enviados para um vilarejo no Pantanal para vacinar a população contra uma mutação do vírus da zika. Porém, eles acabam presos em uma comunidade que segue um líder que prega a cura por meio da fé, e não de medicamentos.

A série ainda não tem data de estreia, mas está prometida para chegar ao streaming ainda em 2019. Além de O Escolhido, Natividade também já serviu de cenário para outras produções, sendo a mais recente a novela das nove da TV Globo, O Outro Lado do Paraíso.

Para descobrir os segredos que encantam em Natividade, listamos abaixo cinco curiosidades sobre o município:

Patrimônio Histórico e Artístico Nacional

O belo conjunto arquitetônico, urbanístico e paisagístico de Natividade foi tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 1987. A cidade faz parte do programa Monumenta, do Ministério da Cultura (MinC), que visa à recuperação e à preservação do patrimônio histórico brasileiro.

Natividade se destaca pela sua charmosa arquitetura colonial, festas religiosas, folclore e gastronomia. Sua história começa no ciclo do ouro, por volta de 1734, quando ocorreu a ocupação da região por bandeirantes, escravos, mineiros, sertanistas, missionários e criadores de gado. Natividade chegou a ser um dos maiores arraiais da então Capitania de Goiás.

Os visitantes podem conhecer um pouco da história da cidade visitando o Museu Histórico de Natividade. No local, funcionava uma antiga cadeia, da época do Império. A construção abriga o Centro de Artesanato e Apoio ao Turista, a Oficina de Ourivesaria Mestre Juvenal, uma loja de comercialização de produtos artesanais, além de uma exposição permanente com artefatos encontrados na região.

Festas Religiosas

A religiosidade é uma importante marca de Natividade com festejos como a Romaria de Nosso Senhor do Bonfim, considerada a maior festa religiosa do Estado, e a Festa do Divino Espírito Santo de Natividade. A cidade guarda ainda as ruínas da Igreja de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos, construção iniciada pelos escravos no século XVIII, mas que não chegou a ser concluída.

Região das Serras Gerais

A região das Serras Gerais é conhecida como a nova rota turística do Tocantins. O local engloba além de Natividade, os municípios de Almas, Arraias, Aurora, Dianópolis, Paranã e Taguatinga (região sudeste do Estado).

As Serras Gerais fazem parte da maior cadeia de serras do Brasil e, além das maravilhas naturais, guardam tradições, arquitetura colonial, história e cultura como as Cavalhadas, as festas do Senhor do Bonfim e do Divino Espírito Santo, entre outras festas folclóricas e religiosas herdadas do colonialismo e da era do ciclo do ouro, como em Natividade, quando o município era grande produtor de joias.

Em toda a região, o ecoturismo é propiciado por uma profusão de rios, canyons, cachoeiras e cavernas. A Cachoeira Paraíso, em Natividade, possui diversas quedas d’água de médio e pequeno porte, em meio a pedras e paredões rochosos formando, ao longo do percurso, piscinas naturais de águas verdes e transparentes.

Em meio à fauna, à flora e outras belezas naturais, o visitante pode apreciar também os centros históricos de Natividade, Dianópolis e Arraias, que em suas ruas estreitas e muros de pedra construídos por escravos guardam memórias da história do Tocantins.

Joias

As joias de Natividade são famosas por sua tradição, seu design e sua originalidade. O conhecimento técnico vem sendo passado por várias gerações e promovendo a inclusão social de jovens, dando oportunidade a eles de construírem uma carreira e terem sua renda.

As joias artesanais de Natividade já foram reconhecidas em diversos projetos de apoio à cultura no país. Uma das técnicas que mais chama atenção nas peças é a filigrana, um trabalho ornamental herdado dos portugueses, feito de fios muito finos e pequeninas bolas de metal, soldadas de forma a compor um desenho. O metal é geralmente ouro ou prata, mas o bronze e outros metais também são usados.

Amor Perfeito

O famoso biscoito Amor Perfeito é feito de polvilho de mandioca tradicional. A receita foi criada há mais de cem anos e permanece a mesma. O biscoito ganha forma todos os dias em uma cozinha construída no quintal da casa da doceira Tia Naninha. O processo permanece artesanal com os biscoitos sendo moldados manualmente e assados em forno de barro. Na época da festa do Divino Espírito Santo, são feitos em forma de pomba e servidos de graça aos visitantes.

 

 

Continue Lendo

Cidades

Carnaval de Gurupi encerra com balanço positivo dos foliões e da organização

Publicados

em

O Melhor Carnaval do Norte do Brasil encerrou nesta terça-feira (05), ao som de bandas regionais e com a entrega da premiação da Rainha e do Rei momo do Carnaval 2019. Foram cinco dias de muita folia que deixarão saudades nos foliões e um gostinho de quero mais para 2020.

Segundo a organização aproximadamente 200 mil pessoas participaram dos cinco dias do Carnaval de Gurupi 2019. A avaliação do evento foi positiva, tanto pela organização quanto pelos foliões. O prefeito Laurez Moreira disse estar muito satisfeito com tudo que viu.

“Foi uma bela festa em todos os sentidos, onde percebemos os foliões muito satisfeitos com as bandas, com a estrutura oferecida e a segurança. Toda a família participou, desde a criança até o idoso. Valorizamos mais uma vez as bandas locais e também movimentamos a economia do município de forma muito positiva. O investimento no Carnaval de Gurupi tem valido muito a pena”, destacou o gestor.

Já a secretária municipal de cultura, Zenaide Dias, revela que as expectativas foram superadas. “Balanço extremamente positivo, estou muito feliz com o resultado, a comunidade local participou da festa, bem como os turistas e todos se sentiram acolhidos, com muita segurança, estrutura de qualidade e tudo muito organizado. Toda equipe envolvida na organização está extremamente satisfeita porque sabemos que demos nosso melhor”, afirmou a secretária.

No mesmo embalo, os foliões também elogiaram a organização do carnaval. O estudante Danilo Lopes foi um deles, que aproveitou para curtir a última noite. “O carnaval foi muito bem organizado, festa muito segura e animada. Prova disso é que encontrei muitas pessoas que vieram de fora para brincar o carnaval aqui e conversando com alguns, ouvi que gostaram muito da cidade”, comentou.

A também estudante Rafaela Alencar, foi outra foliã que curtiu a última noite e elogiou o evento. “A festa foi tão boa que não poderia deixar de vir na última noite, e já estou ansiosa para o carnaval do ano que vem. Gurupi sem dúvidas sabe fazer Carnaval”, frisou.

Programação da última noite

A programação desta última noite de carnaval iniciou com a participação da Aliança dos Ministros Evangélicos de Gurupi (AMEG), ao som da banda H2O Purificados. Na oportunidade, o grupo levou aos presentes canções e palavras sobre o amor de Deus.

Em seguida, no camarote oficial foi realizada a entrega das premiações à Rainha e ao Rei momo do Carnaval de Gurupi 2019 pela secretaria municipal de cultura. A Ingrid Sousa e o Pedro Igor receberam o valor de mil reais cada e se despediram do evento com muito samba no pé.

Para encerrar a noite e a programação de 2019, duas bandas regionais animaram os foliões, com um repertório bem diversificado. A primeira foi a Banda Amigos do Samba e por último a Banda Forró Xamego Meu.

Segurança e saúde

O quesito segurança é sempre prioridade na organização do Carnaval de Gurupi. Para isso a Prefeitura contou com o apoio do Corpo de Bombeiros, que além de fiscalizar e aprovar o projeto da estrutura da festa, dispôs de uma equipe com 10 militares por noite no circuito da folia.

Outra parceira, a Polícia Militar também fez policiamento com 45 policiais por noite no circuito, no entorno e nos bloqueios de trânsito. Além disso, a Prefeitura ainda contratou uma empresa de segurança especializada com reforço de 60 pessoas. Uma central de vídeo monitoramento foi montada e 16 câmeras foram distribuídas em pontos estratégicos do circuito.

Houve também 12 brigadistas que ficaram de plantão na avenida, preparados para situações de princípio de incêndio, atendimento pré-hospitalar e orientação sobre saídas de emergência. A avenida também contou com uma equipe da Secretaria Municipal de Saúde e do SAMU para atendimento aos foliões e possíveis casos de urgência e emergência. Tudo isso garantiu a segurança e o bem estar dos foliões durante a festa.

Continue Lendo

Cidades

Blocos tradicionais do carnaval de Gurupi são premiados na folia de Gurupi

Publicados

em

Como manda a tradição, diversos blocos tradicionais do carnaval de Gurupi desfilaram durante os dias de folia esbanjando alegria e muita animação. Este ano cinco blocos competiram. Os filhos de Gurupi, Los compadres, Os enforcados, Pega pra capá e os Pé de Porco. Cada um apresentou o seu melhor no circuito carnavalesco.

Os vencedores do desfile foram revelados nesta segunda-feira (04), penúltima noite de carnaval, e todos fizeram a festa durante a premiação.

O troféu do terceiro lugar foi para o bloco Los compadres. O grupo está no seu segundo ano de competição e pela segunda vez ficou na terceira colocação.

Para Tânia Oliveira, presidente do bloco, o que importa não é a competição, mas sim a alegria de estar no carnaval. “O Los compadres não visa a premiação, estamos felizes de poder participar. O nosso bloco a cada ano que passa cresce mais, ano passado éramos apenas 30 integrantes e hoje já somos mais de 150 participando dessa festa linda, e é isso o que nos deixa feliz, é essa alegria contagiante de brincar o carnaval”, declara.

A segunda colocação foi para o bloco Pega pra capá, que levou para a pista uma homenagem às vítimas das tragédias em Brumadinho e Mariana, ambas cidades mineiras, que sofreram um crime ambiental que matou centenas de pessoas.

“Foram muitos dias de ensaios, suamos a camisa pra fazer uma apresentação bonita e estamos muito contentes com o título de vice-campeão, é uma prova de que estamos no caminho certo, e ano que vem vamos participar novamente e darmos o nosso melhor nesta festa linda”, declarou o integrante Wiliam Alves de Souza, que representou o presidente do bloco, Joice Avelino.

E finalmente, o campeão do carnaval de Gurupi 2019, foi o bloco Os Enforcados, que trouxeram muita ginga e sincronismo. O coreógrafo do bloco, Eberson Gomes falou da alegria de ver o grupo vitorioso. “A felicidade é muito grande. Essa é a primeira vez que estou como coreógrafo em um bloco de carnaval, e terminar com o 1° lugar me dá uma satisfação imensa. E o mais incrível de tudo isso é sentir a energia do público, que fica juntinho da gente na pista compartilhando a alegria”, afirmou.

A secretária de Cultura e Turismo de Gurupi, Zenaide Dias, avalia a participação dos blocos de forma positiva. “A competição foi linda, os jurados tiveram muita dificuldade para escolherem os vencedores. Os três primeiros colocados foram um melhor que o outro”, ressaltou.

Para o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, o desfile dos blocos valoriza o carnaval gurupiense. “O nosso carnaval é referência para o norte do Brasil e o que o deixa ainda mais bonito são os blocos tradicionais, que resgatam a cultura de Gurupi, debatem temas atuais, bem como faz a diversão de quem participa”, afirma.

4° noite de folia

A 4° noite do melhor carnaval do Norte do Brasil contou com a presença do Governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse e sua esposa, a primeira dama Fernanda Carlesse, que foram prestigiar o evento.

As atrações da folia foram os músicos regionais Paulo Braga, com a participação de Chico Chokolate, Joan Alessandro, Banda Eclipse e a atração nacional Guilherme e Santiago.

Programação

Na noite de hoje, 5, último dia de folia, a programação contará com a entrega da premiação da Rainha e Rei Momo 2019, que será às 22h, no Camarote Oficial, com a presença do prefeito Laurez Moreira.

A agitação no circuito da folia será por conta das atrações regionais Amigos do Samba, que sobe no trio às 21h; e Forró Xamego Meu a partir das 22h30.

Continue Lendo