Conecte-se conosco

Estado

Saúde promove encontro para acolher profissionais do Programa mais Médicos no Tocantins

Evento acontece no dia 16 no auditório Cuíca, em Palmas; e visa contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias em saúde no Estado

Publicados

em

Encontro acontece no próximo dia 16 no auditório Cuica em Palmas

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Coordenação da Comissão Estadual do Programa Mais Médicos para o Brasil (PMMB), realiza no dia 16 de abril, no auditório Cuíca, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o encontro tocantinense Mais Médicos para o Brasil. O evento profissional de natureza acadêmica, científica e social, que visa congregar todos os atores envolvidos na rede de cuidados em saúde da população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) do Tocantins, integrar as experiências da assistência em saúde do Programa e contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias para a atenção primária em saúde.

ncontro acontece no próximo dia 16 no auditório Cuica em Palmas

Segundo a diretora da Atenção Primária e Coordenadora da Comissão Estadual do PMMB, Laudecy Alves do Carmo Soares, “a chegada desses profissionais é um momento muito esperado pelos gestores do SUS e pelos pacientes que sofrem com a falta de médicos, desde a reformulação do programa no fim do ano passado [2018]. Para recepcioná-los, está sendo preparado um encontro que deverá contar com autoridades das três esferas da saúde, Ministério da Educação, além de gestores e técnicos que vão promover debates e importantes trocas de experiências”, destacou.

Para a promoção do evento, a SES conta com a parceria do Ministério da Saúde (MS), do Ministério da Educação (MEC), da UFT, do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins (DSEI/TO) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS/TO).

Inscrições

Interessados em participar do evento podem se inscrever até o dia 12 de abril, por meio do link: https://forms.gle/uymUkxR3RTBK3u798. Informações sobre o processo de inscrição, pelo telefone (63) 3218-3272.

Programação

– 7h30 – Credenciamento;

– 8 horas – Mesa de abertura;

– 9 horas – Café com prosa;

– 10 horas – Mesa-redonda: O processo de trabalho na atenção básica e o Programa Mais Médicos;

– 11 horas – Plenária;

– 12 horas – Intervalo para almoço.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Estado

Agência de Fomento oferece linha de crédito especial para taxistas

Linha de crédito é oferecida para renovação da frota de táxi ou compra de veículos novos

Publicados

em

Linha para taxista oferece juros abaixo dos praticados pelo mercado

A Agência de Fomento do Tocantins está oferecendo linha de crédito especial para a renovação de frota de táxi ou compra de veículos novos para taxistas. Os benefícios são crédito facilitado, taxa de juros atrativa, financiamento de até 100% do bem, de acordo com a aprovação de crédito.

De acordo com a presidente da Agência de Fomento, Denise Rocha Domingues, a linha está disponível para os filiados ao Sindicato dos Taxistas do Tocantins (Sintaxi). “Essa linha foi instituída pela gestão atual neste mês e faz parte das reformulações que estamos fazendo dentro da Agência de Fomento, sempre com vistas a aquecer a ajudar a economia do Estado se desenvolver”, garantiu.

De acordo com a Coordenadora Geral do Sintaxi, Eunice Rodrigues, a linha de crédito oferecida pela Fomento é de grande ajuda para os profissionais. “Atualmente, temos 171 taxistas filiados em todo o Tocantins. É uma ação muito positiva no sentido de conceder essa linha com os atrativos propostos”, disse.

O financiamento possui taxa fixa de juros de 1,5% ao mês. O valor pode ser dividido em até 48 meses, sem carência. Para ter acesso ao crédito, o interessado deve procurar um dos gerentes de crédito da Agência de Fomento no endereço 103 Sul Rua de Pedestre SO 9, 02, em Palmas. Mais informações estão disponíveis por meio do telefone (63) 3220-9800.

Agência de Fomento

A Fomento é uma instituição financeira constituída como sociedade de economia mista de capital fechado que pertence à administração indireta do Governo do Tocantins, e tem como objetivo principal financiar capital fixo e de giro para empreendimentos que favoreçam no desenvolvimento sustentável do Estado.

Para cumprir o seu papel, a agência possui mais sete linhas de crédito que atendem o microempreendedor individual; comércio e serviços; turismo; profissional liberal; agronegócio; a indústria; e inovações tecnológicas (Inovacred). Todos possuem taxas mais baixas que as oferecidas pelo mercado.

 

Continue Lendo

Estado

Ao conceder data-base, Governo destaca dificuldades e realidade econômica do Estado e do País

Incremento concedido é de 0,75% retroativo a 1º de maio deste ano e não se aplica a cargos de provimento em comissão e função de confiança

Publicados

em

Incremento concedido é de 0,75%

O Governo do Tocantins publica no Diário Oficial desta quarta-feira, 19, Medida Provisória que dispõe sobre a revisão geral anual da remuneração dos servidores públicos estaduais, com incremento de 0,75%. A Medida Provisória produz efeito retroativo a 1º de maio deste ano e não se aplica a cargos de provimento em comissão e função de confiança.

Segundo o secretário da Administração, Edson Cabral, o Governo do Estado tem realizado todos os esforços para que o Tocantins alcance seu reequilíbrio fiscal e optou por adotar, momentaneamente, um índice que possa ser realmente atendido de acordo com a realidade da economia do País e do Tocantins, calculado de forma a garantir a data-base dos servidores sem prejuízos aos investimentos do Estado. “Nossas despesas com pessoal ainda são elevadas, o que se configura como um obstáculo para solidez fiscal que buscamos. Precisamos assegurar um crescimento da folha que seja compatível à necessidade do Tocantins de gerar investimentos”, afirma.

Na segunda-feira,17, o cenário orçamentário-financeiro do Estado foi apresentado aos sindicatos representantes de servidores públicos do Tocantins. O relatório foi exposto pelos secretários da Administração, Edson Cabral e pelo secretário executivo de Fazenda, Planejamento e Orçamento, Sergislei Silva de Moura. Também participaram da reunião os secretários da Fazenda, Sandro Henrique Armando e da Casa Civil, Rolf Vidal.

O Governo recebeu dos sindicatos e representantes dos servidores públicos uma reivindicação da data-base com reajuste de 5.074%, o que segundo cálculos da equipe da Administração e Fazenda custaria aos cofres públicos quase R$100 milhões a mais no ano.

Número que segundo a apresentação não é condizente com o panorama fiscal do Estado, que em 2019 anunciou a reforma administrativa para melhorar o seu desempenho e adequar seus compromissos à realidade financeira atual. “O valor representaria 59,22% de toda a economia obtida com a reforma administrativa implementada pelo Governo até o momento”, aponta o relatório produzido por técnicos do Governo.

O relatório também destaca que um acréscimo muito alto, poderia comprometer, além dos investimentos do Estado, o pagamento de salários e fornecedores, que vem sendo realizado em dia, e consequentemente, a qualidade de vida da população, já que faltariam recursos para a saúde, educação e demais sistemas públicos que regem o bem estar da sociedade tocantinense.

Os secretários também destacaram que a incapacidade de ofertar um aumento maior é uma realidade nacional, de incerteza econômica, onde diferente do Tocantins que concede 0,75%, quase a totalidade, dos estados brasileiros não tem previsão para o pagamento da data-base em 2019, e estão com suas folhas atrasadas ou parceladas. Um exemplo é o Rio Grande do Norte que está com 4 folhas de pagamentos de 2017 ainda em aberto.

Também apontaram que o Estado do Tocantins, em 2018, ocupou a 4ª posição entre os estados que mais cresceram com índices de despesas com pessoal entre ativos e inativos, chegando a ocupar em 2ª colocação já neste quadrimestre de 2019.

“Mesmo diante de tantos compromissos financeiros, o Estado ainda se empenha com uma equipe técnica direcionada para analisar uma melhor forma de atender aos servidores públicos sem causar prejuízos ao restante da população”, destacou o secretário da Casa Civil, Rolf Vidal, que informou a todos que as câmaras técnicas previstas pela Lei 3.462/19 devem ser criadas nos próximos dias, com participação dos sindicatos, para monitorar as despesas do Estado e buscar soluções  e saídas criativas para o passivo estadual, reestudar os planos de cargos, carreiras e salários das diversa categorias, dentre outras medidas.

LRF

Com relação a Lei de Responsabilidade Fiscal  (LRF), o limite prudencial é de 46.55% da Receita Corrente Liquida (RCL) e o resultado do último quadrimestre, já em 2019, indica que o poder Executivo Estadual encontra-se em 55,35%, ou seja 8,8% acima do limite prudencial. A implementação da data-base aumenta em 1,4% o atual índice. Analisando que o índice de gastos da LRF fechou em 2018 em 57,89% e até agora, em 2019, já caiu para 2,54% ou seja para 55,35%, o aumento sugerido da data-base implicaria em perder quase metade dessa redução.

Novos desafios

Na apresentação o secretário Edson Cabral também frisou os esforços do Governo em reduzir gastos. Dados da Secretaria da Administração apontam que, com a reforma administrativa, o Governo do Tocantins obteve uma economia de quase R$160 milhões de reais somente no primeiro quadrimestre de 2019, quando comparado ao mesmo período de 2018.  Na ocasião também explicou que houve redução de mais de 900 cargos da estrutura administrativa do Estado.

“Agora o Governo segue com novos desafios que deve enfrentar para alcançar o reenquadramento fiscal no 2º quadrimestre, como implantar o programa de desburocratização e simplificação dos procedimentos públicos, reduzir despesas com aluguel e custeio, como energia, água, e cópias, além de ampliar sistemas e processos de controle eletrônicos”, enfatizou Cabral.

 

Continue Lendo

Estado

Comenda Dr. Francisco Ayres marca abertura da 38ª Semana da Cultura e 2ª Feira Literária Portuense

Publicados

em

Tendo como tema “Do Pontal ao Nacional, 281 anos escrevendo história”, a 38ª Semana da Cultura de Porto Nacional foi aberta oficialmente na noite dessa quarta-feira, 19, com o descerramento da fita no Espaço Eli Brasiliense, túnel de estrutura montada que abrigará, durante cinco dias, as atividades do tradicional evento que trás também a 2ª Feira Literária Portuense (FLIP), considerada a maior do Tocantins.

O prefeito Joaquim Maia deu as boas vindas à Semana e  à FLIP, acompanhado da primeira dama, Aline Maia, do vice-prefeito, Ronivon Maciel, do secretário municipal da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, do escritor regional homenageado e patrono do evento, Edivaldo Rodrigues, além da presença de autoridades locais e estaduais, e de toda a equipe da gestão.

No primeiro momento da solenidade, a Folia do Divino foi recepcionada no portal de entrada do Espaço Cultural Beira Rio, localizado na orla da cidade.

O maestro Wada, que coordena a Banda Sinfônica Professora Eunice Maia, do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) União, fez uma belíssima apresentação solo instrumental, emocionando o público ao som do saxofone.

Entrega de Comendas

Dando prosseguimento ao evento que foi aberto em grande estilo, ao som da Banda Municipal de Música Mestre Adelino e do Coral da Universidade Católica do Tocantins, o prefeito Joaquim Maia entregou a Comenda da Ordem de Mérito Dr. Francisco Ayres da Silva, criada pela Lei Municipal nº 1.582/97 de 16 de junho de 1997.

A cerimônia homenageou 19 personalidades, em consideração ao trabalho de homens e mulheres que contribuem ou contribuíram com o progresso de Porto Nacional em diversas áreas de atuação.

Para o prefeito Joaquim Maia a comenda representa o maior reconhecimento que o poder público municipal concede àqueles que dedicam a vida para ajudar a cuidar da cidade e do povo.

“Nossa palavra hoje não poderia ser outra: Obrigado! Pelas mãos de vocês muito se passou e tem passado o desenvolvimento de Porto Nacional. Os poderes, tanto executivo e legislativo tem a oportunidade de fazer esse reconhecimento, e me sinto feliz em homenagear todas essas pessoas”, destacou o Prefeito.

Confira os comendadores deste ano:

  • Ademar Maia Leite
  • Amilton Gomes Barros
  • Antônio de Sousa Parrião
  • Armando Martins de Almeida Filho (in memoriam)
  • Edgar da Conceição (in memoriam)
  • Ernestino Francisco Cruz (in memoriam)
  • Jacinto Carlos Pereira Sardinha
  • Joaquim Ferreira Pinto
  • José Dias Filho
  • José Lopes da Silva
  • Juraci Cavalcante Barbosa
  • Jurimar Pereira de Macedo
  • Maria Antônia da Silva Matos
  • Maria Ivonete Pedreira Brito de Negreiros
  • Maria de Jesus Mendes Vieira
  • Maurício Buffon
  • Osmar Gomes da Silva
  • Benezer Rodrigues de Andrade
  • Roque Alves Santiago (in memoriam)

 

Visionário

A honraria recebeu esse nome em homenagem ao portuense Francisco Ayres da Silva, médico, jornalista e político. Segundo a história, ele foi um idealista, homem de grande visão, que enxergou na região uma imensa perspectiva de progresso e crescimento, alcançando significativo desenvolvimento para sua terra natal.

Nasceu em 11 de setembro de 1872 quando Porto Nacional ainda era chamada Porto Imperial. No Rio de Janeiro, formou em medicina no ano de 1898, doutorando-se em dois de janeiro de 1899 com a tese da “Electrolyse Medicamentosa nas Arthirtes”, pela então Faculdade de Medicina e Farmácia do Rio de Janeiro.

Ao que tudo indica, teria sido o primeiro filho da região a formar-se médico. Ao retornar à cidade portuense é nomeado, por Decreto, em 20 de julho de 1900, professor de Português e Francês. É quando ingressa também na carreira política, ao ser eleito Conselheiro Municipal em 1902 e deputado federal entre 1914 a 1937.

A atuação de Francisco Ayres rendeu-lhe medalha de primeira classe por Mérito Científico Universitário da Academia Italiana de Palermo, na Sicília, em 1910.

Fundou em 1905 o Jornal Norte de Goyaz, extinto na década de 1980, quando deixa o parlamento e produz um dos seus feitos mais memoráveis, fazendo chegar a Porto Nacional o primeiro automóvel, da marca Chevrolet, e um caminhão Ford.

Secult

O secretário municipal da Cultura e do Turismo (Secult), Arnaldo Bahia, enfatizou que a tradicional Semana da Cultura de Porto Nacional foi construída de forma participativa com todas as pastas da gestão Joaquim Maia e algumas instituições.

“A Semana da Cultura foi criada nos anos 80, na gestão do ex-prefeito Jurimar Macedo, com a intenção de resgatar, incentivar e divulgar o potencial artístico e cultural da nossa região” avaliou o Secretário.

O evento foi prestigiado pelo deputado estadual Júnior Geo, pelo presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Chico Silva, além do desembargador do Estado de Goiás, Jamil Pereira de Macedo.

Shows

No palco Doca do Acordeon, a primeira noite foi abrilhantada pelo Grupo Tambores do Tocantins e pelo cantor goiano Gilberto Correia.

Continue Lendo