Conecte-se conosco

Cidades

Resgate da história de Gurupi é realizado na abertura da 12ª Primavera dos Museus

Foi iniciado na noite desta segunda-feira, 17, a 12ª Primavera dos Museus, que esse ano discute a temática “Celebrando a Educação em Museus”

Publicados

em

Resgate da história de Gurupi é realizado na abertura da 12ª Primavera dos Museus

Com o objetivo de educar e contribuir no despertar de interesse para diferentes áreas do conhecimento, a importância das memórias e o valor do patrimônio cultural foi iniciado na noite desta segunda-feira, 17, a 12ª Primavera dos Museus, que esse ano discute a temática “Celebrando a Educação em Museus”.

A programação em Gurupi está diversificada e foi aberta na Biblioteca Pública Municipal Professora Deusina Martins Ribeiro, com apresentação musical dos alunos do Centro Cultural Mauro Cunha e a palestra com o tema “preservação da memória de um povo: reflexões”, ministrada pelo professor e historiador Roberto José Ribeiro, conhecido como professor Robertão, que fez uma abordagem da história de Gurupi, desde o início, com apresentação de documentos como a ata da instalação do município. Ele enfatiza que é uma missão das pessoas e poder público por meio de suas instituições disseminar à população, em especial, às crianças a história da cidade, dos antepassados, pois um povo sem memória é um povo sem história. “É relevante sempre poder falar das nossas origens”, destacou.

A secretária de Cultura e Turismo, Zenaide Costa, ressaltou que as atividades realizadas nesta semana é uma maneira de mostrar para o Brasil que a memória de Gurupi está sendo preservada e repassada à população. “Gurupi é uma cidade jovem, que tem muita história e que está sendo preservada, pois quem não preserva sua história no futuro não terá memória. É importante que valorizemos pessoa que têm conhecimento da nossa região, da nossa história, para que possamos levar esse conhecimento a outras pessoas. Outra importância é estarmos desenvolvendo esse trabalho com as crianças pois elas são disseminadoras”, enfatizou.

Após a palestra ainda foi realizada uma roda de conversa com o professor e escritor Fabiano Donato e com a coordenadora da Biblioteca Municipal, Doroteia Leandro, que enfatizaram que momentos com este da 12ª Semana da Primavera dos Museus, é um resgate do passado dialogando com o presente.

Professor Fabiano aproveitou para falar que como é um ano político é importante eleger pessoas que respeitam, valorizam e contribuem para a preservação da história de um povo, pois uma sociedade que não conhece sua história não saberá caminhar para o seu futuro.

O adolescente Josué Silva, de 14 anos, afirmou que gostou muito da abertura da Semana, de conhecer um pouco da história da cidade. “Eu não sabia que em Gurupi havia um museu, agora vou aproveitar para sempre que puder vir visitar e conhecer mais da nossa história”, disse.

As atividades a 12ª Primavera dos Museus acontecerão até a próxima sexta-feira, 21. Segundo a bibliotecária, Jéssica Andrade, de terça-feira à quinta-feira, serão realizadas das 9h às 10h, rodas de conversa com os alunos; terça-feira, às 15h, será realizada oficina de artesanato para os idosos; quarta-feira e quinta-feira, a partir das 15, mostra de curtas (audiovisual) para adolescentes e debates; sexta-feira, exposição durante todo o dia e à noite encerramento.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Prefeito Joaquim Maia entrega revitalização do Memorial Heróis do Tocantins

Publicados

em

A tão esperada revitalização do Memorial Heróis do Tocantins, na orla de Porto Nacional, aconteceu e foi entregue pelo prefeito Joaquim Maia à população portuense, ao pôr do sol dessa quarta-feira, 19, embaixo de uma Figueira centenária, onde fica o monumento. O Memorial tem uma simbologia histórica, e é também uma área de contemplação e turismo da cidade.

A obra foi entregue diante de autoridades dos mais destacados seguimentos públicos do município. Sendo, oficialmente, registrada e resgatada toda a posteridade. O nome de homens e mulheres, heróis que os livros históricos já documentaram com afeição.

O Prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia explicou que é sabido pedagogicamente, em registros impressos e falados, os feitos e ações dos que foram agentes institucionais nesta luta centenária, como governadores, senadores, deputados federais e estaduais, dentre outros.“A todos os que lutaram nas tribunas dos parlamentares, nas tipografias noticiosas, nos gabinetes representativos, nos sertões, nas trincheiras da fé cristã, nos lares sagrados das famílias simples – mas determinadas em abrir janelas da liberdade – e, principalmente, nos movimentos populares que fizeram de corações e almas, a bandeira libertária de um povo, rendemos as nossas homenagens em forma de reconhecimento e tributo”, concluiu o Prefeito.

De acordo com o secretário municipal da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, “trata-se de um monumento singular, pois o Memorial foi erguido às margens do Rio Tocantins, nas ribanceiras das histórias que um dia abrigou o lendário Felix Camôa”, disse o gestor.

O evento foi marcado por muita festa com a presença da Banda de Música da Guarda Municipal Mestre Adelino

Continue Lendo

Cidades

Secretaria Municipal da Educação promove atividades educativas e culturais na 38ª Semana da Cultura

Publicados

em

 

Cerca de 400 crianças da Rede Municipal de Ensino de Porto Nacional fizeram apresentações artísticas durante toda a manhã desta quinta-feira, 20. A “Equipe Alegria – Duelo de Mágicos”, da Secretaria da Educação, foi a primeira a se apresentar. Em seguida foi a vez da apresentação teatral “A Rica e a Pobre”, da Escola Deasil Aires. A “Dança do Carimbó” foi outra surpresa apresentada pelas crianças da Escola União e Progresso. Toda a programação aconteceu no Centro de Convenções Vicente de Paula Oliveira, na orla da cidade.

Houve também as coreografias “Raízes da Nossa Terra”, uma apresentação preparada pela Escola Marieta Macedo Maia, e a “Frutos da Terra”, da Escola Dr. Euvaldo Thomaz de Souza.

De acordo com a secretária municipal da Educação, Shyrleide Maia, ‘todas as apresentações foram elaboradas e organizadas por nossa equipe de formadores da Secretaria, além disso, teremos mais apresentações ainda nesta quinta-feira, e também amanhã pela manhã, no mesmo local”, afirmou Shyrleide Maia.

Para a superintendente da Educação, Deusina Ribeiro, “a realização das ações é importante para o fortalecimento dos vínculos na educação – cultura, bem como, para propor um trabalho com a perspectiva de resgatar a cultura regional, para que nada se perca”, explicou a Superintendente.

Continue Lendo

Cidades

Meio Ambiente: Prefeitura de Porto Nacional realiza 4º Fórum da Agenda 21

Publicados

em

A Prefeitura de Porto Nacional, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente está realizando o 4º Fórum da Agenda 21 Municipal. Nessa quarta-feira, 19, a equipe técnica da pasta fez um monitoramento das ações propostas em 2018 por cada secretaria, instituição e órgãos, depois da consolidação do Plano Local de Desenvolvimento Sustentável (PLDS), no ano passado. O objetivo do projeto é saber se as recomendações foram executadas e se há dificuldades na implementação das ações.

Outro propósito é o de constituir o Fórum da Agenda 2030 Municipal. Com o planejamento, o Plano permitirá diagnosticar os problemas, identificar as vocações e explorar as potencialidades do município, sustentavelmente. Essa iniciativa está sendo realizada dentro da 38ª Semana da Cultura e da 7ª Semana do Meio Ambiente.

“Essas ações prioritárias estão entre os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que são o que há de mais moderno hoje, no mundo, e Porto Nacional está entre as poucas cidades tocantinenses que se destaca por ter concretizado o PLDS”, disse o secretário executivo de Meio Ambiente, Eduardo Benvindo da Cunha.

Dentre os objetivos estão: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades; assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento; promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos; tornar as cidades e os assentamentos humanos, inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis; e assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Em 2018, com a consolidação do PLDS, o município conseguiu garantir a inter-relação homem, sociedade e natureza, o que trouxe melhora na qualidade de vida da população, de forma sustentável e participativa.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Sarah Mourão, a pasta é a responsável por coordenar o Fórum e elaborar o Plano, com base no Decreto nº 825, de 29 de novembro de 2017. “A Agenda 21 funciona como um instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis, que concilia métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica”, lembrou a Secretária.

De acordo com o Decreto, o Fórum da Agenda 21 tem que coordenar a construção, o monitoramento, e a avaliação da implementação da Agenda. Os resultados devem ser repassados através de um relatório anual de planejamento participativo, buscando um processo mais transparente e contínuo. 

Protocolo Municipal do Fogo

Junto com as discussões do Fórum da Agenda 21, a Secretaria trouxe para debate, assuntos relacionados ao uso do fogo. Ações a serem firmadas no Protocolo Municipal de Prevenção e Controle do Uso do Fogo, como por exemplo, a redução da incidência de focos de incêndios e queimadas no município.

As atividades serão desenvolvidas pelas pastas competentes, bem como, por pessoas interessadas em cooperar nos trabalhos de prevenção e controle dos índices de focos de calor no Município. 

II Fórum Municipal Lixo e Cidadania

Outro evento importante realizado pela prefeitura de Porto Nacional foi o II Fórum Municipal Lixo e Cidadania que objetivou proporcionar novas aplicações aos resíduos sólidos, por meio da reutilização e reciclagem de materiais, ou seja, o futuro da coleta seletiva em Porto Nacional, de uma forma sistêmica.

Continue Lendo