Conecte-se conosco

Polícia

Polícia Miltar forma 24 alunos da 12ª turma de Força Tática

Curso, sediado pelo 6° Batalhão da PMTO, teve início no dia 6 de dezembro de 2018 com aproximadamente 40 participantes, entre PMs do Tocantins, Maranhão e Goiás, bem como técnicos de Defesa Social

Publicados

em

A Polícia Militar do Estado do Tocnatins formou, na manhã desta quinta-feira, 10, 24 alunos da 12ª Turma da Força Tática. A solenidade foi realizada no Pátio do Quartel do Comando Geral em Palmas.

O evento contou com a presença do comandante geral da PMTO, coronel Jaizon Veras Barbosa; da deputada estadual e madrinha da turma, Luana Ribeiro; do chefe do estado-maior, coronel Henrique de Souza Lima Júnior; do comandante do 4º Batalhão da Polícia Militar do Maranhão, tenente coronel Juarez Medeiros Sobrinho; do comandante do 3º Batalhão da Polícia Militar de Goiás, major Evando Polidório Lustosa; e demais autoridades militares.

O curso sediado pelo 6° Batalhão da PMTO teve início no dia 6 de dezembro de 2018 com aproximadamente 40 participantes, entre policiais militares do Tocantins, Maranhão e Goiás, bem como técnicos de Defesa Social, onde 16 pediram desistência voluntária no decorrer dos 36 dias de formação.

Posterior à apresentação da tropa ao Comandante Geral da PMTO, coronel Jaizon Veras Barbosa, foi entoado o Hino Nacional Brasileiro, seguido da entrada dos alunos formandos que foram apresentados pelo coordenador do curso, capitão Wallas de Sousa Melo.

O evento seguiu com um momento de oração proferido pelo padre João Camilo Macário e a leitura da Ata de Conclusão, em quem o 3º sargento PMTO, Marisvaldo Sávio Arruda Lemos foi o 1º colocado, seguido pelo soldado da PMMA, Gedson Augusto Muniz da Silva.

Formados e certificados, os integrantes do Curso da Força Tática realizaram um momento de homenagens a cinco militares do 6º Batalhão que contribuíram para a estruturação da Força Tática na unidade, bem como para a senhora Maria Aurora Pereira de Melo, mãe do 2º sargento Junivaldo Pereira de Melo (in memoriam) que empresta o nome à turma; ao comandante da PMTO, coronel Jaizon Veras Barbosa; ao chefe do Estado Maior, coronel Henrique de Souza Lima Júnior; ao comandante do policiamento do interior, coronel Humberto Costa Parrião; e o comandante do policiamento da capital, coronel Cláudio Thomaz Coelho de Sousa.

Segundo o soldado Wanderson Ferreira Cordeiro, orador da turma, o curso é intenso, “onde todos sofrem juntos, choram juntos e lutam juntos, assim, no passar dos dias se tornam uma família e compreendem o real significado da palavra resiliência, onde um indivíduo lida com um problema e adapta-se às mudanças, superando obstáculos e resistindo à pressão, ainda assim consegue voltar ao seu estado natural, após uma situação crítica e fora do comum”.

Para o comandante geral, coronel Jaizon Veras Barbosa, os mais novos taticanos deverão somar e multiplicar seus conhecimentos junto à tropa, pois todos são irmãos e possui o mesmo objetivo de trabalhar na proteção da sociedade. “Reconheço o empenho de todos esses profissionais que conseguiram finalizar o curso e cumprir sua etapa, sendo forjados para atuarem em ocorrências de média complexidade, apoiando os demais policiais operacionais nos atendimento diários”, ressaltou o comandante.

Encerrando a solenidade, a equipe formada entoou a oração do taticano e solicitou permissão para ordenar o último fora de forma do curso.

Força Tática

A Força Tática é o pelotão de patrulhamento tático subordinado diretamente aos comandantes de unidades operacionais da PMTO e tem como missão principal realizar o policiamento ostensivo de maior complexidade e atuar em ocorrências que fujam do cotidiano normal da OPM, excetuando as intervenções características da Companhia Independente de operações Especiais (CIOE).

Ao todo já foram realizados 12 cursos, sendo quatro em Palmas, um em Araguaína, um em Colinas do Tocantins, um em Araguatins, um em Gurupi, dois em Dianópolis, um em Lagoa da Confusão e um em Paraíso do Tocantins.

 

Polícia

Sistema de monitoramento por câmeras é adotado pela Cadeia Pública de Pium

O equipamento agora proporciona a cobertura de todo o perímetro de segurança do estabelecimento penal.

Publicados

em

Agente realizando monitoramento

Mais uma das unidades prisionais do Estado do Tocantins ganhou reforço em seu Sistema de Segurança. Trata-se da Cadeia Pública de Pium, a 134 quilômetros de Palmas, que finalizou a instalação do monitoramento por câmeras nesta terça-feira, 15. O equipamento agora proporciona a cobertura de todo o perímetro de segurança do estabelecimento penal.

De acordo com o diretor, Cleber Solano, as câmeras vão possibilitar uma visualização mais ampla e segura de toda a cadeia. “Inclusive, podemos observar melhor os internos que realizam serviços na horta e os cidadãos que vem à unidade para comprar hortaliças, inibindo assim tentativas de passar ilícitos para o interior da cadeia”, disse.

A adoção do monitoramento por câmeras é resultado de uma força-tarefa realizada pela equipe da unidade prisional. “As câmeras foram doadas pelo servidor da unidade, Felipe Barros. O servidor Adjane Ribeiro, lotado na Cadeia de Miracema, veio até Pium para realizar a montagem dos equipamentos e por fim, a direção da Cadeia de Colinas que fez a doação do televisor”, enfatizou Solano, agradecendo às equipes.

Os demais equipamentos necessários para a montagem do Sistema foram adquiridos com recursos provenientes da venda de hortaliças produzidas por reeducandos na própria unidade.

Continue Lendo

Polícia

Polícia Civil prende mais três suspeitos por tráfico de drogas em Gurupi

Suspeitos estavam realizando o comércio de entorpecentes em dois setores de Gurupi quando foram abordados e presos por policiais civis da DEIC-Sul, neste sábado

Publicados

em

Policiais Civis da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic), Núcleo Sul, de Gururpi, comandados pelo delegado Rafael Fortes Falcão efetuaram, na manhã deste sábado (12), as prisões em flagrante de Anderson Soares dos Santos, de 29 anos, Creusimar Batista Glória, de 41 anos e Poliana Rosa Pereira dos Santos, de 32 anos pelo crime de tráfico de drogas.

De acordo com o delegado Rafael, os policiais civis apuravam a venda ilícita de entorpecentes nos setores Jardim Sevilha e Vila São José, quando flagraram Anderson saindo do imóvel habitado por Creusimar e Poliana em atitude suspeita, momento em que foram abordados.

No local, a equipe da DEIC Sul encontrou cerca de 1,5kg de maconha, 350g de cocaína, uma porção de crack, balança de precisão, plástico filme, R$ 393,00 em dinheiro e aparelhos celulares. Ressalte-se que Creusimar e Anderson já foram presos e condenados por tráfico de drogas.

Dessa maneira, os três indivíduos acima mencionados foram conduzidos até à Central de Flagrantes da Polícia Civil, em Gurupi, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas. Logo após a realização dos procedimentos legais cabíveis, Anderson foi encaminhado para a Casa de Prisão Provisória de Gurupi, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. Creusimar e Poliana serão recolhidas a Unidade Prisional Feminina de Talismã, ficando à disposição da Justiça.

 

Continue Lendo

Polícia

Equipe da PM consegue salvar homem que tentou tirar a própria vida em Araguaína

A equipe da Força Tática realizava patrulhamento de rotina, quando foi acionada por denúncia, informando que uma pessoa tentaria se ferir no local

Publicados

em

Foram cerca de 20 minutos de negociação com a vítima

Uma equipe de policiais militares da Força Tática de Araguaína conseguiu salvar neste final de semana um morador de 36 anos que tentou tirar a própria vida. Conforme a PM, o fato aconteceu na noite de sábado, 12, em um matagal localizado em um terreno na Rua Águas Claras, no Setor Noroeste, em Araguaína.

A equipe da Força Tática realizava patrulhamento de rotina, quando foi acionada por denúncia, informando que uma pessoa tentaria se ferir no local. Conforme a PM, a vítima colocou um cinto no pescoço, amarrou a extremidade em uma galha de um pé de manga e ameaçava pular. Foram cerca de 20 minutos de negociação, quando ele acabou desmaiando e os policiais sustentaram seu corpo e quebraram a galha, o retirando com vida.

“Ele estava bastante agitado, muito nervoso e, diante disso, os Policiais Militares realizaram técnica de gerenciamento da crise”. A PM buscou a mãe da vítima, fazendo com que ele procurasse se acalmar. O SAMU foi acionado e o encaminhou ao Hospital Regional de Araguaína.

Fonte: T1 Notícias

Continue Lendo