Segunda, 25 de junho de 2018
Brasil

31/05/2018 ás 07h50

Romilton

Palmas / TO

TSE julga recurso do Psol e garante permanência de Mário Lúcio na eleição suplementar
Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram por unanimidade nesta terça-feira, 29
TSE julga recurso do Psol e garante permanência de Mário Lúcio na eleição suplementar

Os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovaram por unanimidade nesta terça-feira, 29, o recurso especial interposto pelo Partido Socialismo e Liberdade (Psol) do Tocantins, referente ao Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (Drap) e considerá-lo apto a participar da eleição suplementar de 2018 no Estado do Tocantins. 


O Tribunal Regional Eleitoral do Tocantins (TRE) havia indeferido o registro da candidatura alegando que o Psol estava suspenso devido à sigla não ter feito a prestação de contas anual relativa ao exercício de 2015. Mário Lúcio já havia conseguido uma primeira vitória, quando o ministro do TSE Tarcísio Vieira de Carvalho Neto concedeu no último dia 18 de maio uma liminar garantindo o candidato na disputa. 


“Sempre tive a convicção de que levaríamos nossa candidatura até as urnas. O eleitor tem que ser soberano nesse processo. A decisão é dele! Agora, mais do que nunca! Espero que no próximo dia 3 de junho, ele vá às urnas e demonstre toda a sua indignação”, disse Mário Lúcio.

FONTE: Asom

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium