domingo, 22 de julho de 2018
Educação

06/05/2018 ás 07h43 - atualizada em 06/05/2018 ás 07h46

Romilton

Palmas / TO

Mais de 380 servidores da rede estadual de Educação terão seus contratos de trabalho regularizados
A autorização foi dada nesta sexta-feira, 4, e garantirá que 304 professores e 83 auxiliares de serviços gerais que estão trabalhando entrem na folha de pagamento.
Mais de 380 servidores da rede estadual de Educação terão seus contratos de trabalho regularizados
Mais de 380 servidores do quadro da Seduc que se encontram em exercício terão seus contratos regularizados

Mais de 380 servidores do quadro da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), que se encontram em exercício em diversas regionais de educação, terão seus contratos regularizados. A autorização foi dada nesta sexta-feira, 4, e garantirá que 304 professores e 83 auxiliares de serviços gerais que estão trabalhando entrem na folha de pagamento.


Dentre os servidores em atuação na rede com contratos irregulares, 44 estavam prestando serviços desde o mês de janeiro; 106, desde o mês de fevereiro; 201, desde março; e o restante, a partir do mês de abril.


De acordo com a Seduc, os contratos temporários são a forma que o Estado dispõe de atender às demandas emergências de profissionais, para substituir casos como licença médica e aposentadoria, por exemplo, que obrigam o afastamento de servidores do quadro.


A orientação do Executivo é que todos os servidores em atuação recebam seus pagamentos regularmente, de forma que haja agilidade na formalização de contratos. “Estamos falando de profissionais que estão se dedicando diariamente e contribuindo para garantir uma educação de qualidade para os nossos alunos, portanto precisam ser respeitados e valorizados. A formalização desses contratos, aliada a outras medidas emergenciais adotadas nos últimos dias, como a regularização dos pagamentos do transporte escolar, da merenda escolar e repasses para a gestão das escolas, refletem diretamente na qualidade do ensino na rede estadual”, considerou a gestora da Seduc, Adriana Aguiar.


Uma vez autorizada a formalização dos contratos, agora os servidores deverão assinar documentos nas Diretorias Regionais de Educação em que atuam; em seguida, o contrato será encaminhado para a Secretaria, para inclusão em folha. Por fim, os extratos de contratos serão publicados em Diário Oficial.


 

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium