Quinta, 14 de dezembro de 201714/12/2017
LOGOMARCA FOLHA 728 X 90 PIXELS
CIDADES
Oficiais da Polícia Militar relatam experiências em visitas técnicas a Portugal e ao Chile
Foram evidenciadas as experiências tanto culturais, quanto o contato com as instituições de segurança pública desses países
-
Postada em 27/09/2017 ás 00h31 - atualizada em 27/09/2017 ás 00h41
Oficiais da Polícia Militar relatam experiências em visitas técnicas a Portugal e ao Chile

Na manhã desta terça-feira, 26, foi realizado, no auditório do Quartel do Comando Geral da PM (QCG), as apresentações sobre as experiências e resultados das visitas técnicas de estudo dos oficiais da Polícia Militar do Tocantins aos países de Portugal e C



Na manhã desta terça-feira, 26, foi realizado, no auditório do Quartel do Comando Geral da PM (QCG), as apresentações sobre as experiências e resultados das visitas técnicas de estudo dos oficiais da Polícia Militar do Tocantins aos países de Portugal e Chile, realizadas entre os dias 14 e 23 de agosto e 4 a 16 de setembro, respectivamente. A solenidade contou com a presença do comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos e do chefe do Estado Maior, coronel Edvan de Jesus Silva.


Durante a abertura do evento, o comandante geral da PM destacou o incentivo ao aprimoramento do conhecimento dentro da instituição. Para o coronel Glauber, este foi um trabalho positivo para a PM. “Nada substitui o conhecimento. O que se busca é a aplicabilidade das boas práticas à PMTO”, destacou.


Dentre as apresentações, foram evidenciadas as experiências tanto culturais, quanto o contato com as instituições de segurança pública dos países visitados e as execuções de ações positivas que podem contribuir com o trabalho da Polícia Militar.


Curso Superior da Polícia


O coronel Henrique de Souza Lima Júnior realizou uma visita à Escuela de Carabineiros de Chile, a Polícia de Investigaciones de Chile e o Laboratório Central de Criminalística de La Polícia, incluindo cursos sobre o ciclo completo de polícia, dentro da conclusão do curso de pós-graduação em Altos Estudos de Segurança Pública (CAESP 2017) da Polícia Militar do Estado de Goiás, equivalente ao Curso Superior de Polícia (CSP) da PMTO.


Ele explanou sobre a viagem e destacou: “Fui surpreendido pela estrutura do país. Eles têm uma grande característica que é a uniformidade. O foco deles é a prevenção dos crimes e a tradição é algo que ficou bastante marcado”. O coronel Henrique falou ainda sobre as semelhanças encontradas entre os carabineiros e os policiais militares, além de apontar as ações inspiradoras que podem ser aplicadas na PMTO.


Curso de Aperfeiçoamento de Oficiais


Uma comitiva da Polícia Militar teve a oportunidade de conhecer as instituições de segurança pública de Portugal. A delegação chefiada pelo coronel Marcelo Falcão Soares visitou a Guarda Nacional Republicana (GNR), e a sua Escola de Formação de Oficiais; o Laboratório Central de Criminalística e o Comando Geral da GNR; a Polícia Judiciária (PJ) e a Polícia de Segurança Pública.


O coronel Marcelo Falcão ressaltou que Portugal têm chamado a atenção do mundo por ser um dos países mais seguros. Ele disse ainda que o país foi escolhido pela proximidade cultural com o Brasil e também por ser o berço da segurança do nosso país. “É preciso chamar a atenção para a valorização do plano de ensino que tem sido feito nos últimos anos pelo Comando da PM do Tocantins, a preocupação na formação de todos os integrantes da instituição com os cursos de especializações”, pontuou.


Para finalizar, o capitão Vinícius Dourado Moreira Lima explanou sobre o ciclo completo de polícia; a capitã Patrícia Pinheiro falou sobre a atuação do Ministério Público frente às instituições de segurança de Portugal e o capitão Gleidison Antônio de Carvalho apresentou a política de proximidade das forças de segurança.




 
FONTE: Da Redação
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários