Segunda, 25 de junho de 2018
Polícia

14/03/2018 ás 08h04

Romilton

Palmas / TO

Polícia Civil deflagra operação Varredura e prende mais de 20 pessoas em Paraíso do Tocantins
Presos são acusados pela prática de crimes de homicídio, tráfico de drogas, estupro, dentre outros, bem como por não pagamento de pensão alimentícia
Polícia Civil deflagra operação Varredura e prende mais de 20 pessoas em Paraíso do Tocantins

A Polícia Civil do Tocantins, por meio de uma ação conjunta realizada pela Delegacia Interestadual Capturas (Polinter) e pela 6ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Paraíso do Tocantins, deflagrou, nesta segunda-feira, 12, e nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 13, a operação “Varredura”, que resultou na prisão de mais de 20 pessoas acusadas pela prática de crimes diversos, em Paraíso do Tocantins.


Conforme a delegada Suraia Carvalho Vilela, titular da Polinter, e a delegada regional, Raimunda de Sousa Bezerra, titular da 6ª DRPC, responsáveis pela ação, até o momento, foram presas, mediante cumprimentos de mandados de prisões, 23 pessoas acusadas pela prática de crimes de homicídio, tráfico de drogas, estupro, dentre outros, bem como por não pagamento de pensão alimentícia.


Ainda de acordo com a delegada Suraia, a operação está sendo deflagrada seguindo o planejamento estratégico da Secretaria de Estado da Segurança pública, dentro do plano de ações de enfrentamento a organizações criminosas.


O secretário da Segurança Pública, Cesar Roberto Simoni, ressaltou a importância da operação, destacando que mais ações como essa serão realizadas pela Polícia Civil. O Estado está fazendo sua parte e combatendo firmemente a criminalidade de forma eficiente e estratégica, sendo que a esta é apenas a 1ª Etapa da Operação Varredura”, pontuou.


Segundo a delegada Suraia Vilela, “a operação Varredura retira de circulação pessoas que estavam em débito com a justiça e cometendo vários crimes como assaltos, homicídio e tráfico de droga na região de Paraíso. Essas ações não vão parar. Estamos intensificando nossas investigações e trabalhando de forma integrada no combate a criminalidade”.


Para a delegada Raimunda Bezerra de Sousa, as prisões realizadas trazem mais paz e tranquilidade à população de Paraíso e região. “Essas prisões têm como foco o combate ao crime na regional de Paraíso do Tocantins e demonstrar que estamos em alerta em busca da pacificação social, bem como reafirmar a presença contínua da Polícia Civil em prol da sociedade”, ressaltou.


Após serem presos, todos os indivíduos foram conduzidos à Central de Flagrantes de Paraíso do Tocantins e, após a realização das providências legais cabíveis,  encaminhados à carceragem  da Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium