domingo, 22 de julho de 2018
Educação

27/02/2018 ás 16h55 - atualizada em 27/02/2018 ás 16h59

Romilton

Palmas / TO

Estudantes de Palmas alcançam notas 960 e 940 na redação do Enem
Helena Mayã Miranda e Kaio Oliveira concluíram o ensino médio no ano passado e, em sua terceira prova do Enem, fizeram, respectivamente, 960 e 940 pontos na redação.
Estudantes de Palmas alcançam notas 960 e 940 na redação do Enem

Helena Mayã Miranda e Kaio Oliveira concluíram o ensino médio no ano passado e, em sua terceira prova do Enem, fizeram, respectivamente, 960 e 940 pontos na redação. Além deles, outras duas colegas de turma tiraram 920 e 900. A média das notas de todas as redações da turma do terceiro ano do Colégio São Francisco, instituição onde Helena e Kaio estudaram, ficou em 850,9.


A professora de redação do Colégio, Hellyana Rocha, afirma ter ficado contente com o desempenho de seus alunos. “É gratificante ver que o esforço dos alunos foi recompensado. Eles são exemplo de dedicação. Os tive próximos a mim por três anos e pude acompanhar a evolução de cada um: dificuldades enfrentadas, erros superados”, conta animada.


Helena tem 18 anos e mora em Palmas há dezessete. Ela diz que sempre se esforçou para tirar boas notas e que gosta de ler desde muito pequena. Tem mais afinidade com a área de humanas e linguagens e conta que seguiu as dicas dos professores na preparação para a prova do Enem. “Dei uma maior atenção para conteúdos que tinham mais chance de aparecer na prova e também li os livros que a professora passava”, comenta.


Já o palmense Kaio, 18, fala que sempre leu bastante, gosta de escrever, é apaixonado por poesia e, quando estuda, também costuma pesquisar conteúdos para além dos vistos no colégio. Considera que essas foram as chaves para o seu desempenho na prova. “Eu costumava buscar exercícios do estilo da Teoria de Resposta ao Item” - que é o método utilizado pelos examinadores do Enem na correção das provas – “e não deixava nada sem corrigir”, acrescenta.


Para a professora, esse resultado é também um reflexo de tudo que vivenciaram no colégio. “Um diferencial do Centro Educacional São Francisco de Assis é o acompanhamento de cada aluno de perto; a relação que criamos com a escrita deles e o estímulo ao amadurecimento de argumentos por meio do debate”, conclui Hellyana.


Helena e Kaio concluíram o terceiro ano do Ensino Médio mas continuam estudando. Ela iniciará o curso de Jornalismo na Universidade Federal do Tocantins em agosto, mas está fazendo cursinho para tentar uma vaga em Direito, sua primeira opção no Sistema de Seleção Unificada (Sisu). E ele analisou as notas de corte e viu que passava em todos os cursos da UFT e de algumas outras universidades fora do Estado, exceto em Medicina, seu sonho. Por isso, também decidiu se empenhar ainda mais para alcançar o seu objetivo.

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium