domingo, 21 de janeiro de 201821/1/2018
Folha do Tocantins
BRASIL
PM apresenta detalhes sobre o edital do concurso público de soldados e de oficiais
Apenas uma hora após a abertura, já foram computadas mais de 800 inscrições nos dois certames; são ofertadas 1.000 vagas para soldados e 40 para cadetes
Romilton Palmas - TO
Postada em 10/01/2018 ás 12h35
PM apresenta detalhes sobre o edital do concurso público de soldados e de oficiais

Comandante geral da PM e comissão do concurso prestam esclarecimentos sobre o edital



Na manhã desta terça-feira, 9, foi aberto o período de inscrições para o  concurso da Polícia Militar do Tocantins. O comandante-geral da PM, coronel Edvan de Jesus Silva, e a comissão do concurso, presidida pelo coronel Marcelo Falcão Soares, chefe de Estado-maior da PM, apresentaram à imprensa, em coletiva realizada nesta manhã no Quartel do Comando Geral (QCG), detalhes sobre as etapas da execução dos certames. São ofertadas 1.000 vagas para soldados e 40 vagas para cadetes no Curso de Formação de Oficiais (CFO) da PM.


Apenas uma hora após a abertura, já foram computadas mais de 800 inscrições nos dois certames. De acordo com o comandante geral, esse é o maior concurso da história do Tocantins e da corporação. “Esse é um momento histórico e muito importante para a PM e, consequentemente, para o nosso Estado”, afirmou o coronel Edvan.


O comandante ressaltou ainda que o concurso, que já mobiliza jovens de diversos lugares do país, amenizará o déficit de pessoal na PM do Tocantins. “A segurança pública é hoje um assunto discutido em todo o país e todo investimento resulta em benefício para a sociedade”, disse.


O coronel Falcão esclareceu que a expectativa é que, no mínimo, 40 mil pessoas se inscrevam nos dois concursos. “Essa é uma estimativa mínima. Se vier um número bem expressivo de inscrições, isso não será surpresa. É um concurso histórico, baseado na credibilidade que a instituição possui”, pontuou.


Carreira profissional


Para o tenente Irenilton Cruz, ingressar na PM trouxe grandes benefícios para sua vida. Sua carreira profissional na PM teve início em 2005 como soldado, e em 2010, ele foi aprovado para o cargo de cadete no Curso de Formação de Oficiais. “Ter feito o concurso do CFO foi uma das mais gratificantes experiências da minha vida, pois, por meio deste, tive a oportunidade de adquirir competências que vão desde direito, liderança e gestão, que subsidiam minha evolução profissional e pessoal”, ressaltou.  


A soldado Débora Brito disse que despertou seu interesse por uma vaga na instituição pelos valores defendidos pela mesma. “Realmente na Polícia Militar a gente aprende sobre o respeito, o compromisso, a disciplina e a hierarquia. É todo um contexto que faz com que a instituição seja séria. É muito valoroso e gratificante o serviço policial militar, por tudo o que envolve o trabalho de proteção da sociedade”, declarou a soldado. 


Inscrição


A inscrição no concurso para soldado tem como pré-requisito o Ensino Médio completo, idade mínima de 18 anos, no ato da inclusão na corporação, e idade máxima de 30 anos no ato da inscrição no concurso. O valor da inscrição é de R$ 80,00. Já para o concurso de oficial, a taxa cobrada é de R$ 120,00, sendo exigido o Ensino Superior Completo e os mesmos requisitos relacionados à idade, conforme está especificado no edital. As inscrições seguem até às 14 horas do dia 9 de fevereiro.


Os salários iniciais, após os cursos de formação, são de R$ 4.455,46 para soldado e R$ 8.382,10 para aspirante a oficial.


Participaram da coletiva de imprensa os membros da comissão do concurso: o tenente-coronel Dosautomista Honorato de Melo, a tenente-coronel Lorena Alfonso Cavalcante Fernandes, o major Esdras Eduardo Borges e o capitão Gildásio da Silva Aires. Também estiveram presentes, representando os cargos ofertados pelos certames, o tenente Irenilton Cruz e a soldado Débora Brito.



tags:
• Estado
O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários