Quinta, 16 de agosto de 2018
Brasil

03/08/2018 ás 03h51

Romilton

Palmas / TO

Educação Ambiental do Naturatins participa de lançamento de Atlas Solarimétrico do Tocantins
No evento foi lançado o Atlas Solarimétrico do Tocantins, um mapeamento minucioso do potencial energético solar, realizado pelo Governo do Tocantins nos 139 municípios do Estado.
Educação Ambiental do Naturatins participa de lançamento de Atlas Solarimétrico do Tocantins
Evento foi prestigiado por empreendedores, professores universitários, acadêmicos e diversos profissionais interessados em energia solar fotovoltaica

O potencial do Tocantins para o aproveitamento solar foi tema de workshop prestigiado pela equipe de educação ambiental do Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins) nesta terça-feira, 31, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas. No evento foi lançado o Atlas Solarimétrico do Tocantins, um mapeamento minucioso do potencial energético solar, realizado pelo Governo do Tocantins nos 139 municípios do Estado.


A iniciativa chamou a atenção da equipe do Naturatins que destacou como a utilização de um recurso natural tão abundante em nosso Estado, pode contribuir para a preservação de outros que são finitos, como a água, principal fonte de geração de energia no Tocantins.


Para Edna Mendonça, uma das técnicas que participou do evento, as informações adquiridas vão enriquecer as palestras e atividades que elas ministram, já que a energia solar é uma energia limpa, ou seja, durante seu processo de produção ou consumo, não produz resíduos ou gases poluentes geradores do efeito estufa e do aquecimento global. É ainda renovável, não gera desperdício e é ecologicamente correta pelo seu baixíssimo impacto.


O Atlas


O Atlas é uma iniciativa da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) com o objetivo de trazer emprego, gerar renda e explorar de maneira sustentável a energia solar. “Vamos aproveitar essa energia e transformar em benefício para a população, barateando custos, trazendo mais investimentos e renda para a população”, afirmou o secretário da pasta, Leonardo Cintra.


Segundo o subsecretário da Semarh, Rubens Brito, o Atlas Solarimétrico do Tocantins consolida as informações que vêm sendo monitoradas há mais de 30 anos no Estado e foi elaborado em parceria com o Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird), com recursos de R$ 874.713,87.


O potencial do Tocantins para a energia solar também foi destacado pelo presidente executivo da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar), Rodrigo Lopes Sauaia. “O Tocantins é um dos estados brasileiros com melhores índices de irradiação solar do país. É o Estado que tem a melhor irradiação solar do Norte do Brasil”, destacou.


O gestor segue afirmando que o Tocantins, tem um enorme potencial para desenvolver e aproveitar a energia solar fotovoltaica. “é uma tecnologia que vem trazer não só energia elétrica, mas desenvolvimento, empregos, novas oportunidades de negócio, investimentos ao estado e contribuir também com a diversidade e a diversificação da matriz elétrica do Tocantins”, esclareceu.


 


Rodrigo Sauaia frisou ainda que o Atlas serve como referência para que os empreendedores conheçam a qualidade do recurso solar do Estado e possam, por meio dessa informação, planejar os seus negócios para a região.

FONTE: Da Redação

O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas. A qualquer tempo, poderemos cancelar o sistema de comentários sem necessidade de nenhum aviso prévio aos usuários e/ou a terceiros.
Comentários

0 comentários

Veja também
© Copyright 2018 :: Todos os direitos reservados
Site desenvolvido pela Lenium