Faça da Folha do Tocantins sua página incial

Contato

folhadotocantins@gmail.com

Domingo, 20 de agosto de 2017

EM PALMAS

Assembleia vai reunir prefeitos para definir destino de recursos de empréstimo

Deputados defendem mais recursos para os municípios

HOME ESTADO POLÍTICA OPINIÃO GERAL

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

SAÚDE PÚBLICA

Sírio Libanês avalia trabalhos desenvolvidos por profissionais de saúde do Tocantins

Avaliação ocorre nesta terça e quarta-feira, dias 11e 12, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas

Divulgação

Diretora da Escola Tocantinense do SUS (Etsus), Laudecy Alves do Carmo Soares, conta que este é o momento em que as turmas de especializações fazem levantamentos dos problemas em seus territórios

12 JUL  2017 atualizado às 07:43

Uma avaliação do processo de construção dos trabalhos de conclusão de curso dos especializandos dos cursos de Gestão da Clínica, Regulação e Vigilância em Saúde ocorre nesta terça-feira, 11, e na quarta-feira, 12, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas. As especializações são realizadas em Palmas e Gurupi, contando com servidores das regiões de saúde Capim Dourado, Amor Perfeito e Ilha do Bananal, e compõem os projetos de Apoio ao Sistema Único e Saúde (SUS) por meio de uma parceria entre o Ministério da Saúde, Instituto de Ensino e Pesquisa do Hospital Sírio-Libanês (IEP/HSL), Secretaria de Estado da Saúde e Fundação Escola de Saúde Pública de Palmas (Fesp).

Segundo a diretora da Escola Tocantinense do SUS (Etsus), Laudecy Alves do Carmo Soares, “este é o momento em que estamos trazendo as três turmas de especializações com projetos aplicativos, que fazem parte do início de seus TCCs [Trabalhos de Conclusão de Curso], com levantamentos dos problemas em seus territórios, com previsão de intervenção no local onde vivem”, afirmou.

A avaliação é feita por facilitadores do IEP/HSL, como explica a docente e gestora de aprendizado do instituto, Ariana Nascimento Correia Santos. “Os trabalhos apresentados, hoje, fazem parte da construção de uma intervenção na realidade dos participantes, que faz parte da proposta do instituto. A avaliação individual é importante, mas priorizamos e valorizamos a aprendizagem colaborativa em pequenos grupos. Aqui, estamos vendo a pertinência e a coerência com o contexto em que cada participante está inserido, para que assim sejam atores, protagonistas do processo em todas as etapas do projeto, desde a elaboração à aplicação que transforma suas realidades”, destacou.

Enfermeira no município de Dueré, Karoliny Lima falou sobre a pesquisa que realiza com mais sete colegas. “Nosso grupo levantou o atendimento realizado em nossas unidades e a resolutividade de cada caso. Notamos uma deficiência no direcionamento dos pacientes e, a partir daí, sentimos a necessidade de ampliar este atendimento com uma visão total do paciente, analisando seu contexto econômico social, a fim de que a intervenção em sua vida não seja apenas medicamentosa, mas que ele saiba que naquela unidade existe uma equipe completa que se preocupa com sua vida”, enfatizou.

Para o secretário de Estado da Saúde, Marcos Musafir, os cursos são uma estratégia de educação permanente para formação de profissionais de saúde em todo o país. “A partir destas pesquisas, sem dúvidas, a saúde pública do Estado estará ainda mais humanizada e mais preparada para atender a população com suas individualidades e particularidades de cada região, ampliando assim nossa eficiência em prestação de serviço, como determinação do governador Marcelo Miranda”, finalizou.

Os cursos que começaram no início deste ano devem ser concluídos em 2018.

Publicidade

Publicidade

PONTE ALTA

Equipe do Programa Criança Feliz realiza visitas em Ponte Alta

DIANÓPOLIS

Governador entrega cisternas do Programa Água para Todos em Dianópolis nesta sexta

OPINIÃO

Miguel Lucena // 11 JUL  2017

Cortesia com o chapéu alheio na Câmara Legislativa do DF

Na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), achando pouco a quantidade de bolsas que são distribuídas a troco de nada e as verbas de gabinete usadas sem rumo, resolveram incluir no Código Penitenciário do Distrito Federal, subsídio para que os presidiários possam frequentar teatro e cinema.

Greice Guerra // 11 JUL  2017

Filme mostra que o Plano Real, atento às regras do mercado, estabilizou economia e gerou crescimento

O governo de Itamar Franco-Fernando Henrique Cardoso, com economistas atentos, como Gustavo Franco e Persio Arida, debelou a inflação, estabilizou a moeda e gerou confiança no mercado

ARAGUAÍNA

Polícia Civil recupera produtos agropecuários furtados de fazendas na região de Araguaína

ESTADO

Programa Criança Feliz realiza atendimento integrado a famílias de Ponte Alta e Pindorama

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

NA ASSEMBLEIA

Escola do Legislativo é lançada com expectativa de fazer diferença na vida do cidadão

ESTADO

Governo entrega títulos de propriedade de cisternas em Dianópolis

NA FORMATURA DO PROERD

Marcelo entrega viaturas e anuncia implantação do Colégio Militar

Indicação de notícia

12/07/2017

Sírio Libanês avalia trabalhos desenvolvidos por profissionais de saúde do Tocantins

Avaliação ocorre nesta terça e quarta-feira, dias 11e 12, no auditório do Palácio Araguaia, em Palmas

ESTADO E SECRETARIAS
AUTARQUIAS E GERAL
POLÍTICA E SERVIÇOS SITES ESPECIAIS

Copyright Folha do Tocantins. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha do Tocantins