Faça da Folha do Tocantins sua página incial

Contato

folhadotocantins@gmail.com

Domingo, 20 de agosto de 2017

EM PALMAS

Assembleia vai reunir prefeitos para definir destino de recursos de empréstimo

Deputados defendem mais recursos para os municípios

HOME ESTADO POLÍTICA OPINIÃO GERAL

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

GURUPI

DPE-TO realiza debate sobre os reflexos e consequências da homofobia em Gurupi

Nesta quarta-feira, 28 de junho, é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, data em que se reforça a luta por uma sociedade na qual o estigma, a discriminação e a violência baseados na orientação sexual e identidade de gênero não tenham mais espaço, e a DPE – TO

Divulgação

O debate contou com a participação e exposição de ideias de representantes de instituições e da população LGBT. Participaram da mesa redonda o defensor público e coordenador do NUAmac Gurupi, Leandro de Oliveira Gundim, a defensora pública Lara Gomides, o professor da Unirg Paulo Henrique Amorim, e a psicóloga da DPE-TO, Isabel Cristina.

30 JUN  2017 atualizado às 01:35 Por: Da Redação

Nesta quarta-feira, 28 de junho, é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, data em que se reforça a luta por uma sociedade na qual o estigma, a discriminação e a violência baseados na orientação sexual e identidade de gênero não tenham mais espaço, e a DPE – TO – Defensoria Pública do Estado do Tocantins realizou uma mesa redonda com o tema  “Homofobia – Reflexos Psicossociais e Consequências Jurídicas”, no auditório do IFTO - Instituto Federal do Tocantins, em Gurupi. É a quarta edição do evento, que já aconteceu em Dianópolis, Augustinópolis e Palmas, no mês de maio.

A atividade é organizada pelo NUAmac – Núcleo Aplicado das Minorias e Ações Coletivas de Gurupi e trouxe a reflexão sobre como as pessoas pensam e se comportam em relação ao respeito à diversidade sexual, destacando a diversidade enquanto direito humano, o combate à homofobia, os contextos de exclusão que as pessoas LGBT sofrem diariamente, assim como os reflexos em suas vidas e as consequências no âmbito jurídico, visando assim contribuir para a criação de cultura de equidade e respeito.

O debate contou com a participação e exposição de ideias de representantes de instituições e da população LGBT. Participaram da mesa redonda o defensor público e coordenador do NUAmac Gurupi, Leandro de Oliveira Gundim, a defensora pública Lara Gomides, o professor da Unirg Paulo Henrique Amorim, e a psicóloga da DPE-TO, Isabel Cristina.  

“Não se espera que a criminalização da homofobia tenha o condão de acabar com tal prática, porém cremos que ela, a criminalização, ajudará na repressão e coerção do ato, reforçando a ideia de aceitação dos direitos da comunidade LGBTT, resguardados na letra fria da lei desde a Declaração Universal dos Direitos Humanos, onde indica-se que todos são iguais em dignidade sem distinção de qualquer natureza”, frisou a defensora pública Lara Gomides.


Para o coordenador do NUAmac Gurupi, a realização de atividades como essa é uma forma de promover direitos humanos, de dar voz às minorias, de somar forças no enfrentamento contra a discriminação e a violência baseados na orientação sexual. “Ações assim fazem com que aos poucos as pessoas dialoguem sobre o assunto. Sem diálogo, a sociedade não amadurece para alcançar o respeito. A população LGBT é uma população vulnerável e a Defensoria Pública do Estado do Tocantins vem trabalhando e contribuindo para promover avanços na defesa dessas minorias”, destacou o defensor público Leandro de Oliveira Gundim.

Publicidade

Publicidade

PONTE ALTA

Equipe do Programa Criança Feliz realiza visitas em Ponte Alta

DIANÓPOLIS

Governador entrega cisternas do Programa Água para Todos em Dianópolis nesta sexta

OPINIÃO

Miguel Lucena // 11 JUL  2017

Cortesia com o chapéu alheio na Câmara Legislativa do DF

Na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), achando pouco a quantidade de bolsas que são distribuídas a troco de nada e as verbas de gabinete usadas sem rumo, resolveram incluir no Código Penitenciário do Distrito Federal, subsídio para que os presidiários possam frequentar teatro e cinema.

Greice Guerra // 11 JUL  2017

Filme mostra que o Plano Real, atento às regras do mercado, estabilizou economia e gerou crescimento

O governo de Itamar Franco-Fernando Henrique Cardoso, com economistas atentos, como Gustavo Franco e Persio Arida, debelou a inflação, estabilizou a moeda e gerou confiança no mercado

ARAGUAÍNA

Polícia Civil recupera produtos agropecuários furtados de fazendas na região de Araguaína

ESTADO

Programa Criança Feliz realiza atendimento integrado a famílias de Ponte Alta e Pindorama

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

NA ASSEMBLEIA

Escola do Legislativo é lançada com expectativa de fazer diferença na vida do cidadão

ESTADO

Governo entrega títulos de propriedade de cisternas em Dianópolis

NA FORMATURA DO PROERD

Marcelo entrega viaturas e anuncia implantação do Colégio Militar

Indicação de notícia

30/06/2017

DPE-TO realiza debate sobre os reflexos e consequências da homofobia em Gurupi

Nesta quarta-feira, 28 de junho, é o Dia Internacional do Orgulho LGBT, data em que se reforça a luta por uma sociedade na qual o estigma, a discriminação e a violência baseados na orientação sexual e identidade de gênero não tenham mais espaço, e a DPE – TO

ESTADO E SECRETARIAS
AUTARQUIAS E GERAL
POLÍTICA E SERVIÇOS SITES ESPECIAIS

Copyright Folha do Tocantins. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha do Tocantins