Faça da Folha do Tocantins sua página incial

Contato

folhadotocantins@gmail.com

Domingo, 20 de agosto de 2017

EM PALMAS

Assembleia vai reunir prefeitos para definir destino de recursos de empréstimo

Deputados defendem mais recursos para os municípios

HOME ESTADO POLÍTICA OPINIÃO GERAL

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FIGUEIRÓPOLIS

Audiência Pública recomenda ensino religioso na escolas de Figueiropolis

Evento foi convocado pela sociedade, com base na Constituição Federal, (art. 58 – Inciso II), ressalta um dos coordenadores o pastor da Igreja Batista do Centenário José de Arimateia Bezerra.

Divulgação

O material didático que compõe o projeto foi exposto para a verificação de todos.

09 AGO  2017 atualizado às 09:14


No dia 27 de maio aconteceu Audiência Pública na cidade de Figueirópolis, para que os pais e alunos da cidade, decidissem recomendar, ou não, o uso de material didático com base em valores da Bíblia, para ser usado na disciplina “ensino religioso”, nas escolas públicas da cidade.


Evento aconteceu no Centro Comunitário de Figueirópolis, depois de ter sido divulgado à toda população pelos diferentes meios de comunicações disponíveis na cidade. 


A audiência foi convocada pela sociedade Civil de Figueirópolis, com base na Constituição Federal, (art. 58 – Inciso II), e teve como coordenadores: Ana Maria Lopes de Sousa Mendes, José de Arimateia Bezerra de Almeida, Rosivaldo de Sousa Saraiva, Valdir Rufino de Abreu, Michel Castro Archangelo e Isaura Maria Saraiva de Almeida. 

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e pessoas sentadas


A Audiência teve início às oito horas da manhã, com cumprimento às pessoas presentes. A Sociedade Bíblica do Brasil, que é a entidade patrocinadora do Projeto, e fez representar por Rosineia Cardozo dos Santos e Jessé Pereira da Silva, ambos da Regional de Brasilia. 


O material didático que compõe o projeto foi exposto para a verificação de todos. Também se fez presente a pedagoga Kátia Maria Santos Azevedo, da cidade de Gurupi, convidada pela coordenação, para proferir palestra sobre a eficácia dos valores de cidadania, convivência familiar e tolerância, que, quando ensinados às crianças, possuem validade para toda a vida! Após a palavra da pedagoga, os presentes foram divididas em cinco grupos para avaliarem e emitirem conceitos sobre alguns temas constantes no material do projeto. 


Os temas foram: convivência familiar, religião e política social, com base na Bíblia, Após a análise, ocorreu uma plenária para discussão dos temas e, como resultado final, houve consenso de que os valores ali tratados são relevantes para a formação do caráter do ser humano. 


Em seguida, duas perguntas foram colocadas em votação, para os presentes decidirem sobre seus posicionamentos, por votos: Primeira Pergunta – “Foi verificado viés doutrinário ou proselitismo no material apresentado para a análise? A resposta da maioria, foi: NÃO. 


A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindo, em pé

Casal de pastores Batista pratica a filantropia


A segunda pergunta foi: “As pessoas aqui presentes, recomendam o material para uso na disciplina de ensino religioso, na Escolas públicas de Figueirópolis? A resposta da maioria foi “SIM”. E, por decisão dos presentes, o material didático do projeto “Estudando com a Bíblia – Cidadania e Valores – foi recomendado para uso nas Escolas Públicas de Figueirópolis. 


Este confirma o que os professores da rede de ensino público de Figueirópolis, já haviam aprovado, quando da apresentação do projeto, na Câmara Municipal, no dia 17 de março do corrente ano. 


Na oportunidade, a professora Ivoneide Viana Dantas, integrante da rede de ensino público da cidade, usou a palavra para esclarecer a todos, que, a adesão ao conteúdo do material é opcional, cabendo aos pais de cada aluno, decidirem se aceitam ou não, o mesmo. A Audiência terminou às treze hora, quando foi servido almoço aos presentes.





Publicidade

Publicidade

PONTE ALTA

Equipe do Programa Criança Feliz realiza visitas em Ponte Alta

DIANÓPOLIS

Governador entrega cisternas do Programa Água para Todos em Dianópolis nesta sexta

OPINIÃO

Miguel Lucena // 11 JUL  2017

Cortesia com o chapéu alheio na Câmara Legislativa do DF

Na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), achando pouco a quantidade de bolsas que são distribuídas a troco de nada e as verbas de gabinete usadas sem rumo, resolveram incluir no Código Penitenciário do Distrito Federal, subsídio para que os presidiários possam frequentar teatro e cinema.

Greice Guerra // 11 JUL  2017

Filme mostra que o Plano Real, atento às regras do mercado, estabilizou economia e gerou crescimento

O governo de Itamar Franco-Fernando Henrique Cardoso, com economistas atentos, como Gustavo Franco e Persio Arida, debelou a inflação, estabilizou a moeda e gerou confiança no mercado

ARAGUAÍNA

Polícia Civil recupera produtos agropecuários furtados de fazendas na região de Araguaína

ESTADO

Programa Criança Feliz realiza atendimento integrado a famílias de Ponte Alta e Pindorama

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

NA ASSEMBLEIA

Escola do Legislativo é lançada com expectativa de fazer diferença na vida do cidadão

ESTADO

Governo entrega títulos de propriedade de cisternas em Dianópolis

NA FORMATURA DO PROERD

Marcelo entrega viaturas e anuncia implantação do Colégio Militar

Indicação de notícia

09/08/2017

Audiência Pública recomenda ensino religioso na escolas de Figueiropolis

Evento foi convocado pela sociedade, com base na Constituição Federal, (art. 58 – Inciso II), ressalta um dos coordenadores o pastor da Igreja Batista do Centenário José de Arimateia Bezerra.

ESTADO E SECRETARIAS
AUTARQUIAS E GERAL
POLÍTICA E SERVIÇOS SITES ESPECIAIS

Copyright Folha do Tocantins. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita da Folha do Tocantins