Conecte-se conosco

Blog FT

‘Nada a Perder’: história do bispo Macedo só perde para ‘Vingadores’

Publicados

em

A cinebiografia do bispo Edir Macedo, Nada a Perder, ficou em segundo lugar na lista dos filmes mais vistos pelos brasileiros nos cinemas em 2018. O longa-metragem só ficou atrás do blockbuster da Marvel, Vingadores: Guerra Infinita.

A empresa ComScore afirmou que o filme sobre a trajetória de Edir Macedo alcançou a marca de 12,1 milhões de espectadores – tornando-se assim o filme nacional com maior público. Logo à frente, a superprodução da Marvel arrastou 14,4 milhões de espectadores. Em terceiro lugar ficou a animação da Pixar Os Incíveis 2, que levou 9,8 milhões de espectadores, seguido por Pantera Negra, também da Marvel, com 7,4 milhões.

“No cinema nacional, quem teve melhor desempenho depois da cinebiografia de Macedo foi o filme Os Farofeiros, com público de 2,6 milhões, seguido por Tudo Por Um Pop Star, com 1,1 milhão”, de acordo com informações do jornal O Globo.

Polêmicas
Nada a Perder ocupou as manchetes da grande mídia ao longo de todo seu período em cartaz por conta de uma polêmica envolvendo a venda de ingressos. Em sua maioria, as reportagens insinuavam que a Igreja Universal estaria comprando ingressos, ou orientando seus fiéis a comprarem, para que a produção distribuída pela Paris Filmes alcançasse o topo do ranking.

Muitas salas de exibição com lotação esgotada foram fotografadas vazias durante a exibição do filme, e por diversas vezes a denominação fundada pelo bispo Edir Macedo reagiu acusando a imprensa de perseguição.

Por fim, Nada a Perder entrou em cartaz no serviço de streaming Netflix após negociação em que a empresa aceitou pagar R$ 20 milhões pelos direitos, a maior quantia por um filme de língua não inglesa.

 

Fonte: Gospel Mais

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Blog FT

Mega-Sena acumula e próximo concurso deve pagar R$ 10 milhões

Publicados

em

Ninguém acertou as seis dezenas do Concurso 2.222 da Mega-Sena sorteadas nessa quarta-feira (08), no Espaço Loterias Caixa, em São Paulo. O prêmio para o próximo sorteio, que ocorrerá no sábado (11), está estimado em R$ 10 milhões.

Os números sorteados foram 13 – 14 – 29 – 30 – 48 – 59.

A quina teve 29 ganhadores que vão receber, cada um, R$ 58.660,41. Acertaram quatro números 1.969 apostadores, que receberão o prêmio individual de R$ 1.234,23.

As apostas para o próximo concurso da Mega-Sena podem ser feitas até as 19h de sábado. Um jogo simples, de seis números, custa R$ 4,50.

Continue Lendo

Blog FT

Ministério Sarando a Terra Ferida estará no COMAG 2019; Confira o perfil da banda

Publicados

em

O Ministério Sarando a Terra Ferida estará no COMAG 2019, Congresso de . O evento religioso acontece entre os dias 02 e 04 de março, na Catedral das Assembleias de Deus do campo de Gurupi.

Conheça sobre o grupo musical

Quando lançou o primeiro álbum pela MK Music em 2006, o Ministério Sarando a Terra Ferida de Nova Iguaçu não imaginou que, em apenas 10 anos, se tornaria uma referência consolidada na música gospel brasileira. Hoje, com vários hits consagrados em rádios (“Seja Adorado”, “O Novo de Deus”, “Crucificando Meu Eu”, “Espírito Santo”, “Deus do Secreto”…), igrejas e também no YouTube, o grupo apresenta o seu 7º álbum inédito, ÉS MEU TUDO, mostrando maturidade, consistência e abordagem criativa com temas diversificados. A produção musical é de Vagner Derek. O álbum já está nas lojas e todas e todos os serviços digitais.

“Este trabalho em especial nos fez pensar muito sobre a mensagem que gostaríamos de compartilhar com as pessoas. Queríamos algo novo, diferente. Pensamos muito, oramos e escolhemos o título ÉS MEU TUDO. Para nós, significa lançarmos mão das nossas próprias vontades para vivermos na dependência e presença de Deus, que é o bem mais precioso que temos. Precisarmos dar valor a isso, separamos um tempo para pensarmos e, principalmente, vivermos totalmente para o Senhor…”, garantem os integrantes do grupo.

Francielli Santos (vocal), Polly Campos (vocal), Daniel Marinho (baixo), Rafael Black (bateria e vocal) e Paulo Sérgio ‘Grande’ (guitarra) prepararam um álbum impecável. Reuniram composições de Marcelo Bastos, Amos Nunes e também parcerias do próprio grupo com o Pastor Lucas. “Buscamos muito a presença do Senhor para montar o repertório. As canções chegaram e não tivemos dúvidas… E a nossa parceria inédita com o Pastor Lucas foi também especial. Tivemos um encontro maravilhoso que gerou lindas composições”, contam.

ÉS MEU TUDO traz 10 faixas com potencial para serem sucesso – assim como “Deus do Secreto”, do álbum anterior, que ultrapassou 20 milhões de visualizações no YouTube em apenas um ano! A nova música de trabalho, “Morrer pra Viver”, já estreou entre as mais pedidas nas rádios do país. “Ela é a síntese do álbum. Para que as pessoas possam ver Jesus em nós, o nosso EU tem que desaparecer por completo. Reconhecer isso não é o mais difícil… Mas, colocar em prática, sim. Pois é preciso muita coragem e submissão…”, explicam.

“Estamos maduros em várias questões, inclusive na sonoridade. É um disco que nos dá vontade de tocar todas as músicas ao vivo, em cada apresentação. Fica difícil até mesmo escolher repertório para as ministrações… Por isso, não temos uma música preferida, realmente gostamos muito de todo repertório. Mas a canção ‘Ora Venha’ traz um tema bem diferente do que a gente sempre grava. Por isso, pode ser um diferencial. Estamos felizes com o resultado do trabalho e desejamos que as canções influenciem e inspirem vidas…”, compartilha o Ministério Sarando a Terra Ferida.

Informações do site oficial da banda: http://www.sarandoaterraferida.com.br/perfil2/

 

Continue Lendo

Blog FT

“Bolsonaro tem que ser macho”, diz Malafaia sobre ameaças árabes contra embaixada em Jerusalém

Publicados

em

A provável mudança da embaixada brasileira em Israel para a cidade de Jerusalém, uma promessa de campanha feita por Jair Bolsonaro (PSL), foi comentada pelo pastor Silas Malafaia, que afirmou que o presidente eleito não deve temer as ameaças de retaliação feita por países árabes.

Na última sexta-feira, 28 de dezembro, a imprensa internacional repercutiu a decisão de ministros de países membros da Liga Árabe em montar uma comitiva para vir ao Brasil em janeiro para tentar persuadir o presidente eleito de desistir da mudança da embaixada para Jerusalém.

No domingo, 30, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, concedeu uma entrevista após uma palestra no Rio de Janeiro e afirmou que a decisão já foi tomada: “Bolsonaro me disse: ‘Vou mudar a embaixada para Jerusalém’. Não é questão de ‘se’, é de ‘quando’”.

Nesse contexto, o pastor Silas Malafaia declarou, em entrevista ao jornal O Globo, que Bolsonaro não deve voltar atrás em sua decisão sob risco de perder credibilidade com o eleitorado: “Eu avalio que ele vai perder crédito para caramba, muito. Ninguém pediu para ele fazer nada, ninguém pôs faca na garganta. Então, agora é melhor ele cumprir, ou então vai ficar chato. Vai ficar muito ruim para ele com a comunidade evangélica. Ele vai perder muita coisa. São mais de 130 deputados evangélicos nesta nova legislatura. Ele tem que saber o que ele quer”.

A avaliação de Malafaia é que a bancada evangélica tem volume para influenciar o resultado em votações importantes no Congresso Nacional, e que um “dos motivos do apoio da comunidade evangélica a Bolsonaro foi exatamente esse”. Portanto, uma mudança de postura agora resultaria em problemas.

A parceria com Israel, segundo Malafaia, pode ajudar a transformar a região Nordeste em um “pomar agrícola”: “Se Bolsonaro conseguir ajuda de Israel nessas áreas, vai ficar bonito. Se resolver a questão do Nordeste, ele vai tirar o pão da boca do PT”, previu.

Sobre a ameaça de retaliação dos países árabes, Malafaia acredita que o Brasil não deve temer: “O jogo é pressionar. Aí vem a Liga das Nações Árabes [se manifestar], mas é o jogo político. Eu acho que um presidente tem que ser macho nas suas convicções e não ficar preocupado com opinião de A ou B. Tem que ir pelo que é justo, e o justo é Israel ter sua capital em Jerusalém”, finalizou.

‘Fake News’
A manchete do jornal O Globo sobre as declarações de Malafaia dizia que o pastor havia feito ameaças ao presidente eleito em caso de recuo da decisão de tirar a embaixada brasileira de Tel-Aviv e seguir a iniciativa dos Estados Unidos, instalando a representação em Jerusalém.

No Twitter, o pastor comentou a manipulação de suas palavras: O vergonhoso fake news da imprensa> O Globo noticiou que fiz ameaça a Bolsonaro se ele não transferir a embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém. MENTIRA! Respondi a pergunta do jornalista, que foi a seguinte: ‘Se Bolsonaro recuar?’. Eu disse: ‘Ele vai perder’. Não fiz nenhuma ameaça”.

Fonte: Gospel Mais

 

 

Continue Lendo

Notícias