Conecte-se conosco

Cidades

Ministério Público do Tocantins promove oficina sobre crimes cibernéticos

Publicados

em

O Ministério Público do Tocantins (MPTO), por meio do Centro de Estudos e Aperfeiçoamento Funcional (Cesaf), recebe até o dia 20 de maio inscrições para a Oficina sobre Crimes Cibernéticos e Investigação em Meios Digitais. A capacitação será realizada no auditório do 1º piso da sede da Procuradoria-Geral de Justiça, em Palmas, e são ofertadas 35 vagas presenciais.

A oficina acontece nos dias 23 e 24 de maio e será conduzida pela delegada da Polícia Civil Milena Santana de Araújo Lima. O evento será dividido em três eixos temáticos que abordarão aspectos conceituais da área de tecnologia da informação, procedimentos para a rota de investigação digital, debates sobre temas como direito digital e perícia forense. Por fim, a capacitação prevê estudos de casos com análise de provas e utilização de protocolos investigativos específicos.

De acordo com o coordenador do Cesaf, promotor de Justiça Octahydes Ballan Junior, o objetivo do curso é capacitar os integrantes do Ministério Público, ressaltando enfoques conceituais, instrumentos e práticas procedimentais adotadas pelas instituições públicas nas investigações e no combate à criminalidade no ambiente digital, além de fomentar o interesse por questões práticas relacionadas a esse tipo de crime.

Os interessados em participar da oficina na modalidade presencial deverão se inscrever por meio do link cesaf.mpto.mp.br/eventos.

A disponibilização do conteúdo para a modalidade a distância ocorrerá posteriormente, após a edição das gravações ao vivo. Então, serão divulgadas as inscrições para esta modalidade.

A palestrante

Milena Santana de Araújo Lima é delegada de Polícia Civil no Estado de Tocantins, atualmente à disposição do Tribunal de Justiça do Tocantins. Possui graduação em Direito pela Universidade Tiradentes, especialista em Direito Processual pela Universidade do Sul de Santa Catarina e expertise em Cybercrime e Cybersecurity: Prevenção e Investigação de Crimes Digitais pela Unyleya.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Governo do Tocantins e instituições parceiras promovem ação de prevenção ao fogo na região do Taquaruçu Grande

Ação está inserida na programação da Semana do Meio Ambiente

Publicados

em

Queimada prescrita para redução de material combustível

O Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) é uma das instituições do Governo do Estado envolvida na realização da Semana do Meio Ambiente, que ocorre de 1 a 5 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente, em 5 de junho. Nessa terça-feira, 3, uma equipe realiza ações do Plano de Prevenção aos Incêndios Florestais na região do Taquaruçu Grande que, no ano de 2019 foi assolado por um fogo avassalador e colocou em risco pessoas, bens e propriedades, causando inúmeros prejuízos.

O objetivo do Plano é minimizar, o máximo possível, o potencial de incêndios descontrolados e em época não permitida, por meio da intensificação da sensibilização das pessoas e pela eliminação do material combustível para a propagação do fogo.

A Associação Água Doce – Movimento de Proteção ao Taquaruçu Grande, com quem o Restaura-TO/Ruraltins, coopera desde 2018, está em um intenso movimento de articulação conjunta para reunir todos os esforços, de todos os órgãos envolvidos e da comunidade, para um grande Mutirão de Prevenção aos Incêndios Florestais, com a participação e apoio logístico dos órgãos públicos municipais e estaduais.

“Sobretudo nesses tempos intensamente desafiadores, a pandemia, pela Covid-19, criou situações inimagináveis e nos incita a muitas revisões de atitudes e comportamentos. Com o final das chuvas, os riscos já normalmente enfrentados, com as queimadas, se potencializam”, relata Noeli Maria Stürmer, presidente da Associação Água Doce – Movimento de Proteção ao Taquaruçu Grande.

Nesta semana começaram as ações experimentais de queima prescrita e, na sexta-feira, dia do Meio Ambiente, será realizada vistoria em duas propriedades da região do Taquaruçu Grande para diagnosticar áreas de grande extensão com acumulo de material e planejar a ação de queima prescrita e Manejo Integrado do Fogo (MIF).

“Entender e aceitar essas novas formas de lidar com queimadas e fogo é um grande desafio, pois existe naturalmente uma objeção ao uso e manejo de fogo para combater os indesejáveis incêndios florestais e o Ruraltins pode atuar numa posição estratégica na interlocução com os produtores rurais”, afirma o extensionista florestal Ricardo Haidar

Além dessa ação pontual no Dio do Meio Ambiente, estão previstas diversas ações, que vão desde a mobilização social até a prática no Manejo Integrado do Fogo (MIF), sendo que o Ruraltins poderá cooperar com a realização do Treinamento on-line e ação presencial; contatos individuais, in loco, com proprietários próximos a áreas de propagação do fogo, especialmente, ao pé das serras, Identificação e listagem de propriedades, com relativa extensão, com áreas planas, que necessitam de roçagem mecânica, por meio de mapa e de contatos diretos com o proprietário; realizar diagnóstico para elaboração de mapa de material combustível dentro da bacia do Taquaruçu Grande, Palmas (TO); e ainda colaborar no Manejo Integrado do Fogo.

Cooperação técnica

Para esta ação foi firmada a cooperação técnica envolvendo diversos segmentos, são eles: Ruraltins, Associação Água Doce – Movimento de Proteção ao Taquaruçu Grande, Defesa Civil do Município, Defesa Civil do Estado, Instituto Natureza do Tocantins (Naturatins)/Coordenação Contra os Incêndios Florestais/ Parque Estadual do Lajeado (PEL), Fundação do Meio Ambiente de Palmas, Secretaria Municipal do Desenvolvimento Rural (Seder), Conselho Indigenista Missionário (Cimi), e Escola de Tempo Integral Fidêncio Bogo.

 

Continue Lendo

Cidades

Alunos da Escola SESI de Gurupi participam de desafio internacional de Minecraft

Jogo propõe a busca por soluções para os problemas vividos no mundo real como a pandemia.

Publicados

em

Seguindo uma tendência mundial, a Escola SESI de Gurupi lançou um desafio virtual para os alunos por meio de um dos jogos mais famosos do mundo, o Minecraft Education Challenge. O desafio para as turmas que estão desenvolvendo seus projetos em casa é a construção virtual de hospitais para auxiliar no combate à pandemia provocada pelo coronavírus. O prazo para as equipes entregarem o projeto é até o dia 15 de junho deste ano.

O game permite aos jogadores entrar em um mundo onde é possível fazer construções e viver neste ambiente, usando vários tipos de blocos e recursos virtuais considerando itens como sustentabilidade e inclusão.

“Eles trabalham nas áreas de Matemática, Ciência, Design, Linguagens, além de se comunicarem usando ferramentas tecnológicas para poder desenvolver esse Hospital. Eles têm que pensar desde o tamanho das alas, onde vão ficar as macas, o tamanho dos corredores, enfim toda a proposta que envolve o estudo para colocar no papel e depois transferir isso para o projeto do Minecraft”, explica o professor de Robótica do SESI em Gurupi, Weslley Nunes, sobre o aprendizado dos estudantes.

A construção dos projetos está a todo o vapor entre os alunos participantes. Para alguns, é a primeira vez utilizando o jogo como é o caso da estudante Yasmmin Albino Martins do 3° ano. “Está sendo uma experiência muito legal e diferente, nunca fiz nada igual antes e é por isso que está sendo maçante realizar isso com o grupo. Nós estamos nos ajudando do jeito que podemos, por call (chamadas), entrando no mesmo servidor”, comentou a aluna.

Por outro lado, a experiência com o jogo e com o ambiente proposto também tem sido utilizada como diferencial no desafio para o desenvolvimento das estratégias pelos estudantes. “Nós estamos nos espelhando em alguns modelos de hospitais, alguns já criados no Minecraft e outros reais, já que a proposta era construir um hospital não só externamente, mas também internamente, então nós temos que ter como base todo o conceito das alas de um hospital”, relatou Luiz Gustavo Rodrigues, do 3° ano.

“Um dos grandes privilégios que nós tivemos foi o fato de estarmos inseridos neste mundo, seja por parentes ligados a saúde ou por mero interesse pela área, quando recebemos a proposta já tínhamos um norte do que seria feito. A ideia desde o princípio era de um hospital que conseguisse atender a população ao mesmo passo que dividia os pacientes com a Covid-19 em diferentes pavilhões, de acordo com o grau de severidade apresentado”, falou Tadao Osawa, do 2° ano, sobre sua participação.

A contribuição para o aprendizado dos alunos em tempos de pandemia e distanciamento foi reforçada pela gerente da unidade do SESI de Gurupi, Núbia Almeida. “A nossa realidade de ensino hoje é a distância, então o desafio passa a incentivar um envolvimento maior dos nossos alunos na aprendizagem e ainda estimular elementos como criatividade e colaboração através do Minecraft. O mais importante no desafio, por mais que seja um jogo, é que o aluno tem que pesquisar sobre os impactos da Covid-19, o que ele provoca nas mudanças de comportamento das pessoas, nos estabelecimentos e serviços públicos da cidade…então é com muita satisfação que nós estamos incentivando o envolvimento dos nossos alunos neste desafio”, avaliou.

A divulgação dos alunos vencedores acontece no dia 18/06/2020 no site da instituição e redes sociais após videoconferência de premiação evitando contato direto e obedecendo às medidas de distanciamento social.

Continue Lendo

Cidades

Cristina Donato Leandro toma posse como Presidente do Ipasgu

Publicados

em

O Prefeito de Gurupi Laurez Moreira deu posse a Cristina Donato Leandro como presidente do Instituto de Assistência aos servidores de Gurupi – Ipasgu. A solenidade realizada na manhã desta quarta-feira (03), no gabinete do prefeito, contou com a presença de vereadores e alguns secretários do quadro municipal, em função das recomendações de prevenção a Covid-19.

Cristina Donato atuava como Secretária de Desenvolvimento Urbano de Gurupi desde 2017, e passa a ser a nova gestora do Ipasgu, que antes era presidido por Rita Maria Marques Cavalcanti, atual presidente do GurupiPrev.

O prefeito Laurez Moreira ressaltou sua confiança na gestora. “É uma alegria dar posse a Cristina por tudo que ela representa, por seu histórico de trabalho, sempre nos ajudando desde o início da gestão. E temos ainda muita coisa para realizar, e tenho certeza que ela irá, a exemplo dos presidentes anteriores, realizar um belo trabalho, para que continuemos sendo referência não só no Tocantins, mas para todo o Brasil”, disse.

“O Ipasgu é um plano de assistência em saúde referência no Tocantins, e vamos trabalhar para continuar sendo referência. Agradeço ao prefeito mais uma vez pela confiança, e tenho orgulho de fazer parte dessa gestão, que tem responsabilidade e zelo pelas coisas públicas”, disse Cristina Donato.

Perfil

Cristina Donato Leandro é natural de Gurupi, formada em Direito, Pedagogia, Educação profissional, e Especialista em Administração e Planejamento do Ensino Superior. Atuou como professora, supervisora, coordenadora do SENAI e Diretora Regional de Ensino em Gurupi. Foi Diretora de Desenvolvimento Urbano de Gurupi responsável pelo plano diretor, habitação, cartão reforma e regularização fundiária, e em 2017 passou a gerir a Secretaria Municipal de Habitação e Desenvolvimento Urbano, da qual foi responsável até março de 2020, quando deixou a pasta para exercer cargo na Secretaria Municipal de Saúde, e logo em seguida foi convidada a presidir o Ipasgu.

Continue Lendo

Notícias