Conecte-se conosco

Cidades

Gurupi: Abertas inscrições para o II Simpósio regional de Linguística, Literatura e Artes

Publicados

em

Nos próximos dias 20 e 21, será realizado o II Simpósio regional de Linguística, Literatura e Artes – Sirlla. O evento é uma parceria entre os cursos de Letras e Jornalismo da Universidade de Gurupi e a Academia Gurupiense de Letras – AGL.

As inscrições estão abertas no endereço eletrônico https://iow.unirg.edu.br/eventos/ . Podem participar estudantes, professores, servidores e a comunidade interessada. O custo do investimento é de R$ 20, que deverá ser pago no Centro Acadêmico de Letras, no Campus I, no local do evento ou pela conta bancária da AGL, agência 3863, operação 013, conta 00020454-7.

Conforme o presidente da AGL, Roberto José Ribeiro, “estamos muito otimistas e com as melhores expectativas, pois é um evento que contará com participantes de outros municípios e de outros estados. Os trabalhos renderão bons frutos e ajudarão a elevar o nosso campo cultural”, frisou. 

Programação

O Simpósio será aberto no dia 20, às 19h, no auditório do Campus I. Na oportunidade haverá a palestra “Intercompreensão entre línguas, linguagens e culturas: dos desafios às perspectivas para a produção, difusão e recepção do conhecimento em tempos de internacionalização da formação acadêmica”, ministrada pelo Dr. Rivadavia Porto Cavalcante.

Na primeira noite haverá também, o lançamento do livro, ‘Cantos em Si – Identidade tocantinense’ coordenador do curso de Jornalismo, Me. Paulo Albuquerque  e momento cultural, com o  cantor e compositor Éverton dos Andes e Edmundo.

O evento abordará palestras, mesas-redondas e oficinas, nas área deLinguagem e Ensino; Linguagem e comunicação; Linguagem e Sociedade; Literatura; Literatura e Psicologia; Literatura e outras artes; Ensino e Aprendizagem de Línguas; Linguagens e Expressões Artísticas e Análise do Discurso.

Além dos profissionais da UnirG, o Simpósio contará com a participação de palestrantes de outras instituições como: Instituto Federal do Tocantins – Palmas /Gurupi e AGL.

Para a coordenadora do curso de Letras, Ma. Wellitania Oliveira, “o evento tem como objetivo geral abrir o debate interdisciplinar a partir da ideia de linguagens, literatura e artes dentro do espaço da cultura digital, que se multiplicam em convergência com diversos aspectos da sociedade contemporânea. Além da área de Literatura, o Simpósio busca abarcar as áreas de Línguas Estrangeiras e de Língua Portuguesa”, afirmou.

A professora destacou ainda que “o Simpósio nasceu com o intuito de trazer reflexões e propostas sobre a produção e o ensino da linguagem, literatura e artes em suas variadas formas, considerando o contexto da globalização”, disse Wellitania.

O coordenador de Jornalismo relatou que a parceria é muito bem-vinda para o curso. “É uma oportunidade que colocar os nossos alunos e egressos em contato com um evento que busca valorizar a literatura e as artes”, disse o professor.

Paulo Albuquerque.

Para aquisição do certificado de 20 horas, o acadêmico deverá se inscrever, no mínimo, em três modalidades – oficina, roda de conversa e mesa-redonda.

As oficinas e rodas de conversas serão realizadas no Campus II, Bloco C. Já as mesas-redondas e encerramento do Simpósio serão na Associação de Professores Universitário de Gurupi, na rua 9, entre as avenidas Guanabara e Rio de Janeiro.

O Campus II está localizado na avenida
Rio de Janeiro nº 1585, Centro. Já o Campus I, na avenida Antônio Nunes da Silva nº 2195, no Parques das Acácias.

Mais informações pelos telefones (63) 3612 7521, (63) 98427 7656 ou (63) 99293 7938.

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

Tocantins inicia vacinação contra sarampo em adultos jovens

Municípios trabalham para atingir meta de vacinação de 95% dos adultos jovens, mantendo o Estado livre do Sarampo

Publicados

em

O Tocantins inicia nesta segunda-feira, 18, a 2ª etapa da campanha nacional de vacinação contra o sarampo em adulto jovens. No período de 18 a 30 de novembro, a vacinação de adultos jovens, na faixa etária de 20 a 29 anos de idade, ocorrerá em todos os municípios, com meta de atingir 95% do total desta faixa etária. O dia D, de mobilização nacional, acontece no dia 30 de novembro. Nesta etapa, priorizou-se o grupo de 20 a 29 anos de idade devido ao número expressivo de casos confirmados nessa faixa etária.

Segundo informações do Ministério da Saúde (MS), já foram confirmadas 14 mortes pela doença no Brasil, sendo sete em menores de cinco anos de idade, três na faixa etária de 20 a 29 anos e quatro em adultos maiores de 40 anos. Foram 13 óbitos registrados em São Paulo e um em Pernambuco.

De acordo com o último boletim epidemiológico do MS sobre a doença, a faixa etária foco da segunda fase da campanha é a que mais acumula número de casos confirmados da doença. Nos últimos 90 dias de surto ativo, foram confirmados 1.729 casos em pessoas de 20 a 29 anos.

A enfermeira da Gerência de Imunização da Secretaria de Estado da Saúde (SES/TO), Diandra Rocha, explica que a campanha de vacinação é seletiva. “Nem todas as pessoas nesta faixa etária serão vacinadas, quem já tem as duas doses, que contém o componente do sarampo, não precisa se vacinar, e assim há necessidade de procurar uma unidade de saúde para avaliação do seu cartão de vacinação”.

Dados no Tocantins

Atualmente, foram notificados no Estado 53 casos suspeitos de sarampo, sem confirmação da doença, e apenas dois casos ainda continuam em investigação.

Na primeira etapa da campanha, o Tocantins ultrapassou a meta de vacinação das crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade (quatro anos, 11 meses e 29 dias) com 101,69% de cobertura contra o sarampo, e está entre os 14 estados que superaram o índice de 95% das crianças vacinadas, sendo o único da região Norte a bater a meta. No Tocantins, 98% dos municípios atingiram a meta de mais de 95% de cobertura vacinal proposta pelo Ministério da Saúde (MS), 23 municípios atingiram menos de 90% e 18 municípios entre 90 e 95%. Os dados divulgados mostram que 67.387 crianças foram imunizada

 

Continue Lendo

Cidades

Governador Mauro Carlesse ressalta que desenvolvimento dos municípios passa pela regularização fundiária

Em Mateiros, Governador recebeu o título de Cidadão Mateirense e entregou escrituras de propriedades urbanas e rurais

Publicados

em

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, participou da entrega de títulos do programa Mateiros Legalizado, de regularização fundiária no município de Mateiros, na região do Jalapão. Ao lado do prefeito João Martins Neto; do presidente do Legislativo, deputado Antônio Andrade; e do presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins (TJTO), desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, o Governador entregou alguns dos cerca de 800 títulos que regularizam lotes e chácaras do núcleo urbano do município. O evento ocorreu nesta segunda-feira, 18, na Escola Municipal Professora Enestina Vieira Soares.

Além da regularização fundiária, foi realizado ainda a entrega do título de Cidadão Mateirense ao governador Mauro Carlesse e outras 11 personalidades que, de alguma forma, contribuíram para o crescimento e desenvolvimento de Mateiros. De forma conjunta, também ocorreu o programa Justiça Cidadã, do TJTO e a inauguração da creche Centro Municipal de Educação Infantil Começo de Vida.

O governador Mauro Carlesse ressaltou a importância da regularização fundiária para o cidadão e para o desenvolvimento do Estado, gerando renda e prosperidade. “Este Estado mudou seguindo o caminho da prosperidade. Neste Governo, queremos que todo cidadão seja beneficiado. Tudo que o povo quer é ter seu título de propriedade. A partir daí, ele vai definir muita coisa em sua vida. Fico muito feliz de estar aqui junto ao Prefeito e todos os líderes, para mostrar que é isso que precisa ser feito. As autoridades do nosso Estado estão entregando os títulos que são possíveis e fazendo isto de forma legal”, afirmou o Governador, enfatizando que “a partir daí, as coisas vão acontecendo. Virão empresas para se instalar e serão gerados renda e emprego. Isso precisa ser feito em quase todos os municípios do Tocantins e nós vamos resolver isso”, garantiu.

De acordo com o prefeito João Martins, o programa Mateiros Legalizado vem sendo trabalhado há cerca de dois anos e busca dar segurança jurídica aos cidadãos que ainda não possuem a escritura de seus lotes. “Mateiros concentra 80% dos atrativos do Jalapão. Com essa regularização, as pessoas podem investir em pousadas e restaurantes, o que não podiam antes por não terem como provar que eram donos do terreno. Começamos esse levantamento há dois anos e agora é uma honra promover essa regularização”, afirmou.

Agora, dona legítima do lote onde construiu sua casa, Senhorinha Carvalho Cirqueira conta que realizou um sonho ao pegar seu título de regularização. “Com esse documento, a gente pode ter muitos benefícios. Temos a certeza de que nossos terrenos são mesmo nossos. É a realização de um sonho para todos nós”, afirmou emocionada.

O advogado e proprietário de uma pousada, Mauro Lemes, enfatizou que poderá, agora, melhorar seu negócio. “Esse títulos vão melhorar muito a vida dos empresários. Vamos poder fazer financiamentos e melhorar nossa infraestrutura, atraindo assim mais turistas”.

Cidadão Mateirense

Junto com outras 11 personalidades tocantinenses, que colaboraram e colaboram para o desenvolvimento de Mateiros, o governador Mauro Carlesse recebeu o título de Cidadão Mateirense, indicado pelo vereador Manoel Rabelo Tavares Filho. “Eu já me sentia mateirense. É um local que eu venho com minha família. Uma cidade que eu gosto demais e agora estou muito mais feliz porque sou cidadão de Mateiros”, revelou.

Presenças

Participaram também do evento, o deputado estadual Waldemar Júnior; o procurador-geral de Justica, José Omar de Almeida Júnior; a subdefensora pública-geral, Estellamaris Postal; o secretário-executivo da Governadoria, Divino Allan Siqueira; vereadores e prefeitos, entre outras autoridades.

 

Continue Lendo

Cidades

Palacinho reabre com expografia e projeto museológico renovados

Público poderá visitar a primeira edificação da Capital a partir desta terça-feira, 19

Publicados

em

O Museu Histórico do Tocantins, mais conhecido pelo seu nome original, Palacinho, será reaberto ao público nesta terça-feira, 19, com solenidade marcada para as 17 horas. A programação inclui apresentações musicais e homenagem ao ex-governador Siqueira Campos, além da primeira visitação às dependências do prédio, anexos e Capelinha, que passaram por obras de manutenção. O prédio principal também recebeu novo projeto museológico.

O Palacinho foi o primeiro edifício construído em Palmas e a primeira sede do Poder Executivo do Governo do Tocantins. Feito em madeira de jatobá, encontra-se na região norte da Capital, próximo à Rodovia TO-050, e por estar em uma área elevada permite ao visitante contemplar boa parte da cidade.

Em parceria com os integrantes do Grupo Amigos do Palacinho e representantes do Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), que é responsável pela gestão do museu, ficou definida para a nova fase do museu a expografia O Período Palacinho 1990/91, onde o público poderá viajar na história dos primeiros dias de Palmas.

Os visitantes irão conferir como era o Gabinete do Governador, a Vice-Governadoria, a Casa Militar, a Casa Civil, o Diário Oficial do Estado, a Secretaria de Comunicação e a Fundação Santa Rita de Cássia, criada em 1989 para formular e executar a política de promoção social do Estado, função hoje exercida pela Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas).

O museu também conta com salão de exposições, com a mostra No Labirinto das Bandeiras, reunindo as bandeiras de vários municípios tocantinenses e sala de exibição de vídeos. Há ainda dois anexos, a sala multiuso e a sala de leitura, além da Capela Santa Rita de Cássia.

De acordo com a gerente de Acervos e Patrimônio, Alline Alves Santos da Silva, o plano museológico está sendo retomado pela museóloga da Adetuc, Liliane Bispo dos Santos, e conterá as metas e o planejamento para os próximos quatro anos, tendo por base a legislação da área de museus e planos museológicos de outras instituições. Já o acervo da antiga expografia foi preservado, sendo que algumas peças estarão na composição das próximas exposições e as demais estarão acondicionadas na reserva técnica, para aproveitamento em mostras temáticas.

“A reabertura do museu à população tocantinense e aos que visitam a Capital é resultado de um grande esforço conjunto do Governo do Estado com parceria do conselheiro Wagner Praxedes, que, por meio dos Amigos do Palacinho, conseguiu reunir importantes apoiadores para esta causa”, pontua o presidente da Adetuc, Tom Lyra, reiterando o apoio irrestrito do governador Mauro Carlesse ao projeto, e a atuação da Secretaria de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação.

Entenda

O projeto Amigos do Palacinho foi idealizado por Wagner Praxedes, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e conta com a participação de representantes de vários segmentos da sociedade, entre pioneiros de Palmas, empresários, profissionais liberais, gestores públicos de todas as esferas. Seu lançamento oficial ocorreu em 14 de março, durante a abertura da exposição Siqueira Campos, no Memorial Coluna Prestes.

No dia 2 de abril, durante reunião com a participação de mais de 60 pessoas no auditório do Memorial Prestes, o arquiteto José Eduardo Rodrigues apresentou uma proposta inicial ao grupo. Após a manutenção emergencial, há intenção de se criar um parque urbano em seu entorno, bem como elaboração conjunta de um calendário de eventos e expansão da marca, com criação de produtos com a chancela Palacinho, para futura comercialização em loja no local.

No dia 15 de maio, houve novo encontro, dessa vez no próprio Palacinho, que foi marcado pela apresentação das primeiras ações de melhorias do prédio principal e anexos. As visitações foram interrompidas por oito meses, para os trabalhos de recuperação elétrica e hidráulica, seguidos de limpeza, pintura e outros reparos realizados pela Secretaria de Estado da Infraestrutura, Cidades e Habitação.

Ainda foi formalizada parceria para implantação e manutenção do plano paisagístico da área externa, por meio de Termo de Cooperação Técnica entre o Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa (Adetuc), e a prefeitura municipal de Palmas.

 

Continue Lendo

Notícias