Conecte-se conosco

Saúde

Governo regulariza atendimentos do Hospital Dona Regina em menos de 24 horas

Com o trabalho da SES, foi possível acomodar ou transferir pacientes que precisavam de cirurgias ou partos de urgência e emergência

Publicados

em

Com o incansável trabalho das equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde foi possível acomodar ou transferir todos os pacientes que necessitavam realizar as cirurgias pediátricas ou os partos de urgência e emergência

Depois de diversos dias com aumento anormal de atendimentos, lotação em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e um crescimento atípico de nascimento de recém-nascidos (RNs) prematuros ou com malformações congênitas que necessitavam de tratamento intensivo, o Hospital e Maternidade Dona Regina volta à normalidade. Com o incansável trabalho das equipes técnicas da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e dos profissionais de saúde do Hospital Dona Regina, foi possível acomodar ou transferir todos os pacientes que necessitavam de cirurgias pediátricas ou partos de urgência e emergência.

Segundo o secretário de Estado da Saúde, Renato Jayme, a Secretaria da Saúde mobilizou toda sua equipe técnica, dentre eles os setores de regulação de leitos e cirurgias, setor de cotação e compras, administrativo e setor jurídico que trabalharam com afinco e conseguiram, em menos de 24 horas, fazer a busca de leitos de UTI Neonatal, UTI pediátrica e vagas em outros hospitais públicos e privados para casos específicos, como cirurgias cardíacas congênitas e partos de urgência.

Ao todo, foram realizadas 10 internações em leitos de UTI Neonatal no Hospital Dona Regina; no Hospital Maternidade Dom Orione – em Araguaína; no Hospital Cristo Rei – em Palmas; na UTI pediátrica do Hospital Geral de Palmas; e no Hospital Municipal de Araguaína. Quatro recém-nascidos tiveram melhoria clínica e não necessitaram de UTI, mas continuam internados no Hospital e Maternidade Dona Regina, sob os cuidados da equipe multiprofissional da Unidade.

Duas gestantes realizaram suas cesarianas no Hospital Dona Regina, a paciente Lorena Freire Dorcino e a mãe de gêmeos, Watila Karolaine P. Ramos, que, após o parto, não necessitaram de UTI. Outra gestante, Vanessa Pereira, foi encaminhada para o Hospital da Criança em Goiânia, onde foi realizado seu parto e o recém-nascido está recebendo acompanhamento com neurocirurgião pediátrico, devido à patologia neurológica congênita da criança.

Outras três crianças que aguardavam cirurgias pediátricas já realizaram os procedimentos no próprio Hospital e Maternidade Dona Regina nos dias 15 e 16 de março, sendo eles os recém- nascidos de Camila Vitória Barbose da Silva, Vanderléia Cantuares Leite e Sara Moraes dos Santos.

O recém-nascido de Creonice Alves da Costa deverá ser transferido nas próximas horas, para o Hospital da Criança em Goiânia, na intenção de que seja realizado tratamento cardíaco congênito, sendo que a criança tem uma rara e grave patologia cardíaca; e necessitará de correção de hipoplasia de ventrículo esquerdo com alto índice de mortalidade.

Segundo o diretor de Contencioso da Secretaria de Estado da Saúde, Cícero Bandeira, o setor de regulação entrou em contato com a Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Passos, localizada na cidade de Passos em Minas Gerais, solicitando a liberação de leito e cirurgia para atender o RN de Creonice Alves, pois a empresa possui credenciamento com a SES e deveria prestar o serviço, a preço Sistema Único de Saúde (SUS), o que foi negado sem justificativa.

“A Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Passos informou apenas que não poderia receber a criança, sem justificativa técnica, razão pela qual a SES requereu que sejam tomadas as medidas judiciais cabíveis ao caso, determinando o recebimento imediato da referida paciente. Não satisfeito com isso, pois o atendimento imediato do RN é prioridade, a SES também solicitou cotação do Hospital da Criança em Goiânia para transferência da paciente”, salientou Cícero.

Todas as transferências dos pacientes foram feitas pela SES, com recursos do Tesouro do Estado e do SUS. A Secretaria reforça que os demais atendimentos do hospital estão regulares e todos os pacientes internados estão recebendo os cuidados necessários da equipe multiprofissional do hospital. Não há centro cirúrgico bloqueado para atendimento na unidade.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cidades

Produtores de Gurupi e região participaram de Palestra sobre manejo e beneficiamento de produtos lácteos

Publicados

em

 

Na manhã deste sábado (08), uma palestra sobre Manejo e Beneficiamento de Produtos Lácteos finalizou a programação de palestras oferecidas pela Prefeitura de Gurupi durante a programação da 47ª Exposição Agropecuária da cidade. Participaram do evento produtores de leite e derivados de Gurupi e municípios vizinhos.

A palestra foi oferecida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, por meio da Diretoria Municipal de Agricultura em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (SEAGRO). As palestrantes foram a Verônica Gonçalves e a Kênia Lellis, ambas engenheiras de alimentos da Seagro. E o objetivo foi capacitar os produtores quanto a manipulação correta do leite e seus derivados visando a segurança alimentar.

“Explicamos aos produtores que é possível fabricar produto de qualidade adequando as condições que eles têm na agroindústria de pequeno porte. É um trabalho articulado entre a Seagro e o Serviço de Inspeção Municipal de Gurupi que visa mostrar ao produtor que atender a legislação não é tão complicado como se tem acreditado ao longo dos anos. Com medidas simples é possível fabricar produtos de alta qualidade e aptos a serem comercializados nos programas de aquisição de alimentos do governo e vende-los no comércio local”, explicou Verônica.

A diretora municipal de agricultura Alice Jorge, enfatizou a importância da temática para os produtores. “Hoje segurança alimentar é fundamental. O que a Prefeitura quer é que eles continuem produzindo, mas de forma regulamentada, atendendo todas as normas da legislação. Este curso é justamente para isso, para que eles possam se capacitar e para que essa cadeia produtiva possa desenvolver de forma correta e não traga nenhum dano a sociedade no que diz respeito a saúde pública”, frisou Alice.

Alice Jorge ainda acrescentou dizendo que a palestra serviu para que os produtores incrementem sua produção. “Foi ensinado a eles como produzir produtos lácteos para agregar valor na produção, como iogurte natural e queijo frescal. Para que eles possam incrementar sua produção além do leite in natura” finalizou.

A programação contou ainda com um espaço onde foi falado sobre Cooperativismo, com o analista de Cooperativismo do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (SESCOOP), Magno Vinícius. Ele explicou aos produtores os benefícios deste sistema. “A Cooperativa traz o desenvolvimento econômico local, pois toda riqueza que é produzida com a cooperativa na região, fica para a região. Além disso, é a união de pessoas por pessoas, que trabalham com objetivo comum e assim conseguem diminuir custos, aumentar a produtividade e competir de igual para igual no mercado”, explicou Magno.

Dezenas de produtores estiveram presentes na palestra, entre eles o José Roberto Ramalho, produtor de leite da cidade de Dueré. “Isso é muito bom para nós produtores pois aprendemos a forma correta de produzir alimentos com total segurança e conseguimos manter nossa renda”, disse. O Abílio Alves Junior é produtor de leite em Gurupi e também gostou da palestra. “A informação sempre é bem-vinda, ela traz clareza das questões sobre como nós trabalhamos, produzimos, manipulamos e vendemos nossos produtos, além de modernizar nossas práticas”, destacou.

Semana de palestras

Durante a programação da Expo Gurupi, houve palestras sobre vários temas voltados para a Agricultura Familiar e Meio Ambiente, tudo gratuito, fruto de um termo de cooperação técnica celebrado entre a Prefeitura de Gurupi e a Federação da Agricultura do Estado do Tocantins (FAET). As palestras iniciaram no dia 03 e encerraram neste sábado 08. O estande da Prefeitura de Gurupi permanece com exposições de artesanatos e trabalhos apoiados pela gestão até este domingo (09), quando encerra a Feira.

Continue Lendo

Estado

Governador solicita reforço permanente do efetivo da Polícia Militar no HGP

Reforço já foi implementado a partir desta quinta-feira, 18 e conta até com policiamento velado

Publicados

em

Reforço já foi implementado a partir desta quinta-feira, 18 e conta até com policiamento ostensivo e velado

O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, solicitou ao comandante geral da Polícia Militar, coronel Jaizon Veras, o reforço permanente, já a partir desta quinta-feira,18, do efetivo da Polícia Militar no Hospital Geral de Palmas.

Mauro Carlesse afirmou que as pessoas que procuram o atendimento na unidade já estão fragilizadas em virtude da busca por um tratamento ou uma cirurgia e não podem ficar expostas a atitudes de quem tenta se aproveitar da situação e aumentar o sofrimento dessas pessoas. “O HGP é praticamente uma cidade, por dia passam milhares de pessoas por lá. E essa grande quantidade de pessoas em um mesmo lugar já justifica a presença da força policial para garantir a ordem e a segurança das pessoas”, disse o Governador.

O comandante geral da Polícia Militar, Jaizon Veras, afirmou que as providências já estão sendo tomadas e as ações foram definidas após reunião com o secretário da Saúde, Renato Jayme, na sede do HGP, na manhã desta quinta-feira. “O reforço no policiamento externo e interno já foi instalado. A partir de agora, a Polícia Militar estará ainda mais presente no HGP, tanto no policiamento ostensivo quanto com a presença de militares realizando o policiamento velado na unidade”, afirmou o Comandante Geral.

 

Continue Lendo

Estado

Saúde promove encontro para acolher profissionais do Programa mais Médicos no Tocantins

Evento acontece no dia 16 no auditório Cuíca, em Palmas; e visa contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias em saúde no Estado

Publicados

em

Encontro acontece no próximo dia 16 no auditório Cuica em Palmas

A Secretaria de Estado da Saúde (SES), por meio da Coordenação da Comissão Estadual do Programa Mais Médicos para o Brasil (PMMB), realiza no dia 16 de abril, no auditório Cuíca, da Universidade Federal do Tocantins (UFT), o encontro tocantinense Mais Médicos para o Brasil. O evento profissional de natureza acadêmica, científica e social, que visa congregar todos os atores envolvidos na rede de cuidados em saúde da população usuária do Sistema Único de Saúde (SUS) do Tocantins, integrar as experiências da assistência em saúde do Programa e contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias para a atenção primária em saúde.

ncontro acontece no próximo dia 16 no auditório Cuica em Palmas

Segundo a diretora da Atenção Primária e Coordenadora da Comissão Estadual do PMMB, Laudecy Alves do Carmo Soares, “a chegada desses profissionais é um momento muito esperado pelos gestores do SUS e pelos pacientes que sofrem com a falta de médicos, desde a reformulação do programa no fim do ano passado [2018]. Para recepcioná-los, está sendo preparado um encontro que deverá contar com autoridades das três esferas da saúde, Ministério da Educação, além de gestores e técnicos que vão promover debates e importantes trocas de experiências”, destacou.

Para a promoção do evento, a SES conta com a parceria do Ministério da Saúde (MS), do Ministério da Educação (MEC), da UFT, do Distrito Sanitário Especial Indígena do Tocantins (DSEI/TO) e do Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Tocantins (COSEMS/TO).

Inscrições

Interessados em participar do evento podem se inscrever até o dia 12 de abril, por meio do link: https://forms.gle/uymUkxR3RTBK3u798. Informações sobre o processo de inscrição, pelo telefone (63) 3218-3272.

Programação

– 7h30 – Credenciamento;

– 8 horas – Mesa de abertura;

– 9 horas – Café com prosa;

– 10 horas – Mesa-redonda: O processo de trabalho na atenção básica e o Programa Mais Médicos;

– 11 horas – Plenária;

– 12 horas – Intervalo para almoço.

 

Continue Lendo

Notícias