Conecte-se conosco

Geral

Governo do Tocantins inicia utilização de nova plataforma de chamados 

Objetivo da Central de Serviços é fornecer um único canal de comunicação entre servidores públicos e Agência de Tecnologia da Informação

Publicados

em

Na plataforma contém vídeos explicativos sobre como ter acesso a conta do servidor, abrir o chamado e o acompanhamento

O Governo do Tocantins, por meio da Agência de Tecnologia da Informação (ATI), tem trabalho na implantação da Central de Serviços, que será o novo sistema de gestão de atendimento de chamados do Estado. Um sistema moderno e flexível que vai permitir centralizar todos os serviços de atendimento de Tecnologia da Informação (TI), com capacidade de atender, de forma integrada, todos os órgãos da administração pública, sendo acessada por meio do link https://chamados.ati.to.gov.br.

A Central de Serviços, gerida e administrada pela Gerência de Atendimento ao Usuário, realiza o atendimento aos servidores do Estado para esclarecimento de dúvidas, com o primeiro atendimento aos incidentes e requisições, bem como a triagem de atendimento aos sistemas, solicitação de suporte técnico e demais serviços. A Central permite que os analistas em tecnologia da Agência classifiquem e encaminhem com precisão os incidentes e as solicitações de serviço para as áreas correspondentes.

Para o superintendente de Infraestrutura e Serviços de Tecnologia da Informação, Augusto Ayres, a plataforma tem como objetivo padronizar os processos e os procedimentos que já são realizados no Tocantins, bem como trazer evoluções para a estrutura. “Com a implantação da nova plataforma, poderemos padronizar os processos de atendimento, tornando-os mais ágeis e eficazes. Também será possível a extração de relatórios que nos permitam perceber as reais necessidades dos nossos usuários na utilização dos recursos de infraestrutura, operação, manutenção e auxiliando na absorção de novos serviços”, afirma.

O catálogo de serviços da plataforma será atualizado no decorrer dos próximos meses e atenderá a todas as demandas de TI do Estado, e iniciará o atendimento pelas demandas do Sistema Integrado de Gestão Administrativa (Siga), na parte de Patrimônio Imobiliário e Almoxarifado.

Cadastro de chamados

A nova Central é de fácil acesso, bastando ao servidor que deseja atendimento, realizar o login com a matrícula funcional, e na sequência realizar a abertura do chamado adicionando o assunto, texto explicativo do problema observado e telefone para contato, possibilitando também o anexo de imagens e arquivos que possam ajudar na solução do problema encontrado. Após a abertura, o acompanhamento do atendimento é realizado na plataforma, permitindo adicionar informações e realizar a avaliação final.

Existe ainda a possibilidade de abertura de chamados via e-mail, pelo endereço eletrônico [email protected].to.gov.br, no qual a solicitação do servidor é registrada e segue o mesmo tratamento da ferramenta e por telefone 3212-4592/ 4593/ 4594. Futuramente, com o amadurecimento da ferramenta, será possível realizar outras integrações tais como chatbots, sistemas legados, chamados abertos via WhatsApp e Telegram.

A Diretoria de Suporte e Serviços alerta que é fundamental que o servidor público mantenha, em seu cadastro no Portal do Servidor, o e-mail de contato atualizado, uma vez que será por meio deste e-mail que serão trocadas as informações necessárias durante o uso da plataforma.

Melhores Práticas de ITIL

O software escolhido para gerenciar a Central de Serviços foi o OTRS (Open-source Ticket Request System), em português pode ser traduzido por Sistema Livre de Requisição de Chamados. Baseado nos estudos da Biblioteca de Infraestrutura de Tecnologia da Informação (ITIL), um projeto desenvolvido na Grã-Bretanha com o objetivo de documentar e arquivar o máximo de informação e conhecimento possível sobre as melhores práticas e desenvolvimentos dos processos ligados à TI, seja por meio de estudos de casos práticos, assim como manuais e literatura especializada no assunto.

No Tocantins, como em todo mundo, essa biblioteca de infraestrutura será padrão de boas práticas para gerenciamento de serviços de Tecnologia da Informação, com finalidade de gerar uma grande quantidade de modelos e exemplos para base de consulta com conhecimento de casos de sucesso e empregá-los em projetos no âmbito estadual, de forma bem mais ágil e assertiva.

Segundo Augusto Ayres, implementar o uso das boas práticas mundiais elevará a qualidade da prestação de serviços da Agência de Tecnologia da Informação ao servidor público e por consequência ao serviço que este presta ao cidadão. Como exemplo das práticas que estão sendo implementadas, foram elencados o Gerenciamento de Problemas, o Gerenciamento de Incidentes, o Gerenciamento de Ativos e o Gerenciamento de Mudanças. Estes processos não possuíam rotinas definidas até então e, no pouco tempo de ativação, já demonstraram resultados incríveis na melhoria dos serviços.

“Após a implementação dos processos e com o mapeamento dos problemas e incidentes, conseguimos concentrar alguns esforços e solucionamos problemas recorrentes de serviços que ficavam fora do ar, ao menos uma vez por semana. Hoje, estes mesmos serviços estão a mais de 120 dias sem paradas, outros já chegaram a 160 dias”, ressalta Augusto Ayres.

 

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Geral

Agrotins 2020: Vídeo mostra orientações sobre como montar horta orgânica

No vídeo, a técnica Drielly Rodrigues explica como montar e as vantagens de ter uma horta orgânica em casa

Publicados

em

No vídeo, a técnica Drielly Rodrigues explica como montar e as vantagens de ter uma horta orgânica em casa

Ter uma horta caseira é uma boa alternativa para quem quer colher vegetais, legumes e temperos frescos para as suas receitas. Sobre o assunto, a gerente de Apicultura, Orgânicos e Agroecológicos do Ruraltins, Drielly Rodrigues, preparou um vídeo especial que vai estar disponível na plataforma da Feira Agrotecnológica do Tocantins – Agrotins 2020 100% Digital (www.agrotins.to.gov.br), explicando como montar e as vantagens de ter uma horta orgânica em casa.

“Ter uma horta orgânica, além de ser uma atividade relaxante, representa qualidade de vida, tanto pelo envolvimento com a natureza quanto pela experiência de colocar a mão na terra para consumir o próprio alimento fresco, mais saudável, por ser livre de produtos químicos e mais rico em vitaminas e sais minerais, e por ser produzido em casa com adubos orgânicos”, explica Drielly Rodrigues.

No vídeo Drielly Rodrigues ressalta também que é possível plantar alimentos em casa sem gastar muito e sem tanto trabalho, utilizando embalagens que seriam jogadas no lixo, como garrafas pet, embalagens de amaciante, de água mineral, pneus, pallets, latas. “A diversidade é enorme, nesse momento a criatividade entra em ação, e o resultado pode surpreender”, ressalta a gerente do Ruraltins.

Outra vantagem é a possibilidade de criar um ambiente agradável e bonito transformando qualquer pequeno espaço – como uma cozinha ou varanda por exemplo, em uma horta orgânica.

Agrotins 100% Digital

Estas e outras dicas estarão disponíveis na plataforma da Feira Agrotecnológica do Tocantins – Agrotins 2020 100% Digital, que ocorrerá entre os dias 27 e 29 de maio. Realizada pelo Governo do Tocantins, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e parceiros, esta edição tem como tema o Cerrado Sustentável.

Este ano, de forma digital, o cidadão terá acesso às diversas exposições, palestras, além de workshops e mais de 40 horas de programação ao vivo, dentre elas leilões virtuais.

 

 

Continue Lendo

Geral

Secretaria da Saúde publica edital para cadastro de profissionais disponíveis a trabalhar no enfrentamento à Covid-19

Banco de dados será usado em contratações futuras mediante necessidade da pasta

Publicados

em

Secretaria busca quantificar profissionais disponíveis no mercado dispostos a atuarem no combate ao novo Coronavírus

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) divulgou no Diário Oficial do Estado, nº 5.605, publicado nessa quarta-feira, 20, o Edital 3/2020/SES/GASEC, com chamamento público para cadastramento de profissionais de saúde, a fim de preencher postos de trabalhos para a prestação de serviço no combate ao novo Coronavírus (COVID-19), no Tocantins.

A convocação é regida pela Lei Nº 3.422 (8/3/19) e tem como objetivo a criação de um banco de dados de profissionais da saúde, e gera apenas a expectativa de direito à contratação ficando a concretização desse ato, condicionada à exclusiva necessidade, oportunidade e conveniência da SES.

Os profissionais que vierem a ser chamados a partir do cadastro serão contratados temporariamente, por 90 dias.

Segundo o titular da SES, Edgar Tollini, “as vagas serão preenchidas à medida que houver necessidade, de acordo com o estado de calamidade ao qual nos encontramos. O nosso propósito é já termos uma dimensão da quantidade de profissionais que temos, em todas as especialidades e assim, otimizar o tempo no processo de contratação”, destaca.

São contemplados no edital, profissionais de níveis superior e técnico da área de saúde que ao serem selecionados serão convocados para trabalharem, inicialmente, nos Hospitais de Referência do Estado, podendo de acordo com a necessidade serem realocados para os demais serviços de referência de enfrentamento à crise que pertençam à rede estadual de saúde.

Inscrições

Interessados podem se inscrever exclusivamente via internet por meio do link: http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario. php?id_aplicacao=56873, até as 23h59, do dia 29 de maio de 2020.

Cargos e remunerações

As vagas são para assistentes sociais, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, nutricionistas, psicólogos e técnicos de enfermagens. Todos os contratados deverão seguir cargas horárias que variam de 30 a 40 horas semanais e remunerações que vão de R$ 1.256,76 a R$ 10.276,00, de acordo com a especialidade.

Mais informações no Diário Oficial do dia 20 de maio de 2020. https://diariooficial.to.gov.br/

 

Continue Lendo

Geral

Governo do Tocantins estenderá preparatório para o Enem até a data de realização da prova

Neste ano, a Seduc está trabalhando a campanha: TO de casa NO ENEM, com uma série de atividades online

Publicados

em

Entre as ferramentas de estudo ofertadas pela Seduc estão as videoaulas disponíveis no canal do YouTube: ‘TOnoEnem’

Com o objetivo de garantir uma melhor preparação dos estudantes da rede estadual de ensino para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) manterá as atividades do #TOnoEnem, que neste ano traz a campanha: TO de casa NO ENEM, até a nova data de realização da prova nacional. O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) anunciaram nessa quarta-feira, 20, que o Enem deste ano será adiado por 30 a 60 dias.

O #TOnoEnem é direcionado aos estudantes matriculados na 2ª e 3ª série do ensino médio, na rede estadual de ensino. Até o momento, foram realizadas 25.665 inscrições. Entre os que se inscreveram, 13.946 são alunos da 3ª série e 10.710 da 2ª série. Além disso, foram registradas 1.009 inscrições da comunidade externa. As inscrições seguem abertas até a próxima segunda-feira, 25. “Abrimos uma nova etapa de inscrições para oportunizar que um maior número de tocantinenses possam se preparar para o Enem e assim alcançar o objetivo de chegar ao ensino superior”, apontou a secretária da Seduc, Adriana Aguiar.

A titular da Seduc destacou, ainda, que a prorrogação dos prazos para a realização do Enem é uma oportunidade para que os estudantes possam se preparar melhor. “Em função da pandemia, estamos trabalhando o #TOnoEnem com atividades online, mas também criamos estratégias para chegar aos demais estudantes. E com mais tempo para a realização das provas, a nossa orientação é que todos os estudantes continuem desenvolvendo as atividades”.

#TOnoEnem

O #TOnoEnem oferece aos estudantes diversas ferramentas de estudo, como: videoaulas transmitidas pela internet e pela TV Assembleia, material didático impresso e digital, aplicação de simulados, plantão tira-dúvidas, Lives com professores, webinar – Construindo Minha História, além das Pílulas do Enem – uma série de dicas transmitidas pelas rádios 96 FM e UFT FM.

Para os estudantes da rede estadual que possuem acesso à internet, o material para acompanhamento será disponibilizado, por etapas, no site da Seduc e no canal do YouTube: ‘TOnoEnem’. Aqueles que têm computador, mas não têm acesso à internet, irão retirar o material impresso e as videoaulas em pen drive na escola onde está matriculado. Neste caso, é necessário realizar o agendamento prévio para evitar aglomeração e ter informado no ato da inscrição que tem essa demanda. Já os estudantes que residem na área rural, indígena ou quilombola receberão o material em casa por meio do transporte escolar.

Neste ano, são parceiros do programa: a Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), a Universidade Federal do Tocantins (UFT) e a Assembleia Legislativa.

Enem

Na ocasião do anúncio da alteração da data da realização da prova, o Ministério da Educação informou que o período de inscrições para o exame segue conforme o cronograma inicial. O prazo para cadastro, que deve ser feito por meio do endereço eletrônico do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira: http://enem.inep.gov.br/participante, termina às 23h59 desta sexta-feira 22.

 

Continue Lendo

Notícias