Conecte-se conosco

Estado

Controle da ferrugem asiática e garante produtividade de soja é realizado no Estado

Publicados

em

Cultura amplamente difundida no Estado, a soja ocupa lugar de destaque na produção de grãos no Tocantins, por isso, o Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), realiza por meio de medidas sanitárias e fiscalizações nas lavouras, o monitoramento da Ferrugem Asiática, principal praga que afeta a cultura da soja e que causa prejuízos econômicos aos produtores rurais.

Na safra 2019/2020, o Tocantins cultivou mais de um milhão de hectares de soja, e a Adapec garantiu nesta área, o monitoramento constante da ferrugem asiática, atestando assim, a qualidade e a alta produtividade da soja tocantinense. “Os inspetores de defesa agropecuária da Agência realizam rotineiramente, o monitoramento desta praga nas lavouras, a fim de mantermos o controle da doença no Estado,” destacou o presidente da Adapec, Alberto Mendes da Rocha.

Segundo o gerente de sanidade vegetal da Adapec, Marley Camilo, para fortalecer o controle da ferrugem asiática no Tocantins, a Adapec implementou algumas medidas, que visam somar com as demais ações existentes no controle da ferrugem asiática e outras pragas no Estado. Entre estas medidas está a calendarização do plantio de soja com uma janela de plantio definida, prazo para cadastramento das áreas cultivadas e o vazio sanitário que é uma das principais formas de prevenção da praga.

Outro destaque desse trabalho de controle da ferrugem asiática no Tocantins é o plantio de soja nas várzeas tropicais durante o período de vazio sanitário. O Estado possui autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento para o cultivo de maneira excepcional para a produção de sementes e pesquisas nesta região que compreende os municípios de Lagoa da Confusão, Pium, Formoso do Araguaia, Guaraí e Dueré.

“As várzeas tropicais possuem uma grande importância estratégica para o Tocantins, na produção de sementes de qualidade com alto grau e vigor de germinação que abastece hoje abastece o mercado interno e os estados vizinhos, por isso, mantemos constantemente o monitoramento de pragas nesta região durante toda a safra,” afirmou, Alberto Mendes da Rocha, acrescentando que nesta safra a perspectiva é de que sejam plantadas 60 mil hectares de soja .

Ferrugem Asiática da Soja

É a principal praga que acomete a oleaginosa, causada pelo fungo Phakopsora pachyrhizi. Ela dissemina rapidamente entre as plantações através do vento. Os maiores prejuízos causados é a redução da produtividade, já que causa desfolha precoce nas plantas, impedindo que os grãos de soja se formem completamente. O vazio sanitário é uma importante forma de prevenção da doença.

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Estado

Estado é parceiro do Conecta Sebrae – Agrolab Amazônia 100% digital

Inspirados na Agrotins 100% digital, outros estados vão realizar eventos com a temática voltada ao agronegócio em formato digital

Publicados

em

Conecta Sebrae – Agrolab Amazônia 100% digital foi apresentada por meio de videoconferência nessa terça-feira, 14

A convite da diretoria do Sebrae em Rondônia, o secretário de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro) e presidente do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins), Thiago Dourado, participou nessa terça-feira, 14, de uma videoconferência para apresentação do Conecta Sebrae – Agrolab Amazônia, um evento com a temática voltada para o agronegócio e que será realizada 100% digital.

A programação do Conecta Sebrae – AgroLab Amazônia está sendo elaborada com várias entidades parceiras, inclusive com a Seagro. “Seguindo a ousadia do Governo do Estado do Tocantins em realizar a Agrotins 100% digital, vamos inspirando outros estados a melhorarem o projeto, avançarem em novas direções com todas as possibilidades que a internet promove. Nós estamos envolvidos, instrumentalizando, contribuindo, auxiliando no conteúdo que está sendo gerado, sendo colaborativo para a realização assertiva deste evento”, declarou o secretário, Thiago Dourado.

O ambiente será todo virtual e tem como um dos objetivos, ser uma vitrine do setor produtivo dos Estados que compõem a Amazônia. Para Thiago Dourado, uma excelente oportunidade de apresentar um portfólio de produtos produzidos no Tocantins, “diversos temas serão apresentados, como o Plano ABC – Agricultura de Baixo Carbono, a piscicultura, a produção de grãos dentro da Amazônia de forma sustentável, como também as ações que são desenvolvidas tendo como iniciativa o apoio à agricultura familiar, a produção de biojoias com frutos nativos e a comercialização que gera renda”, destacou.

Durante a apresentação do evento, o diretor técnico do Sebrae em Rondônia, Samuel Almeida, falou sobre a participação de alguns países que estarão conectados e que demandas de ofertas em âmbito mundial serão possíveis. “Já temos conexões com a China, Vale do Silício, Israel e Estônia. Este evento vai nos aproximar ainda mais de novos mercados. Estamos usando a Inovação e a Tecnologia a nosso favor”, afirmou.

A Conecta Sebrae – AgroLab Amazônia será realizada entre os dias 22 a 24 de setembro, em uma plataforma on-line, com acesso simplificado onde cada participante será inserido em um ambiente virtual e terá seu próprio avatar para navegar nos três dias de programação. A programação e os demais detalhes do evento ainda serão divulgados.

Participaram também da videoconferência, o vice-presidente do Ruraltins, José Aníbal Lamattina; o secretário executivo da Seagro, Adeniux Santana; o diretor de assistência Técnica e Extensão Rural, Marco Aurélio Gonçalves; o diretor de Agricultura, Agronegócio e Pecuária da Seagro, José Américo; e o diretor de Agrotecnologia, Tecnologias Sociais e Sociobiodiversidade da Seagro, Fernando Garcia.

 

Continue Lendo

Estado

Governo do Tocantins inicia mais uma etapa de entrega de alimentos atendendo mais 8.400 famílias

Entrega de cestas básicas teve início em 21 de março e já atendeu mais de 190 mil famílias dos 139 municípios

Publicados

em

Mais de 8. 400 famílias serão atendidas nesta semana com cestas básicas oriundas de emendas de deputados estaduais

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) inicia, nesta terça-feira, 14, mais uma etapa de entrega de cestas básicas adquiridas por meio de recursos oriundos de emendas parlamentares de deputados estaduais. Até sexta-feira, 17, a previsão é atender 8.400 famílias em 29 municípios. O objetivo é garantir a segurança alimentar das famílias vulneráveis e trabalhadores afetados pela pandemia da Covid-19. A ação teve início em 21 de março e já atendeu mais de 190 mil famílias dos 139 municípios.

Esta etapa vai atender os municípios de Abreulândia, Aguiarnópolis, Araguacema, Araguaína, Augustinópolis, Caseara, Campos Lindos, Carmolândia, Colméia, Colinas do Tocantins, Cristalândia, Dois Irmãos, Divinópolis, Guaraí, Ipueiras, Itaporã, Mateiros, Miracema, Monte Santo, Nazaré do Tocantins, Nova Rosalândia, Paraíso do Tocantins, Pindorama, Porto Nacional, Presidente Kennedy, Sandolândia, Santa Rosa, Riachinho e Sítio Novo.

De acordo com o secretário da Setas, José Messias Araújo. “O Governo do Tocantins, faz a aquisição das cestas e efetua as entregas dos kits para os municípios que o recurso foi destinado. As cestas estão sendo entregues com o apoio de entidades, associações e os Centros de Referência de Assistência Social. É uma determinação do Governador Mauro Carlesse que as cestas cheguem em mãos para os mais necessitados nesse momento de pandemia. Até o final de semana, serão mais de 30 mil famílias atendidas, somente no mês de julho”

Escolas e assentamentos rurais

De acordo com o secretário executivo da Setas, Tiago Costa, ainda nesta semana o Governo do Tocantins, em ação conjunta entre equipes da Setas, Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e Secretaria de Educação, Juventude e Esporte (Seduc), realiza também distribuição e entrega de cestas básicas para famílias nos assentamentos rurais e escolas da rede municipal. “Serão distribuídos um total de 14 mil kits, contendo alimentos e itens de higiene, sendo destinados para famílias de assentamentos rurais na região de Araguaína, entregues pelo Ruraltins. O Governo vai atender também alunos da rede municipal de ensino nos municípios do Bico do Papagaio, por meio da Seduc”, explica Tiago Costa.

O recurso é oriundo do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep-TO), baseado na Lei nº 3.015, de 30 de setembro de 2015, considerando a decisão plenária do dia 23 de março de 2020, (resolução nº 01/2020 de 31 de março de 2020).

Transparência e controle

Os processos referentes às aquisições e aos contratos realizados no contexto da Covid-19 estão disponíveis no Portal da Transparência pelo endereço http://www.transparencia.to.gov.br. Para consultar, acesse na página principal a aba azul – Consulta Contratos Emergenciais -, e a aba verde – Gráficos dos Empenhos e Pagamentos -, e informe-se sobre todos os trâmites.

É importante ressaltar que compras diretas, ou seja, sem licitação, estão autorizadas pela Lei Federal n° 13.979/2020 – de enfrentamento à Covid-19, somente para atender a situação emergencial provocada pela pandemia.

Legislação federal e estadual referente a este contexto está disponível para consulta no site da Controladoria-Geral do Estado (CGE-TO) pelo link https://www.cge.to.gov.br/legislacao/legislacao-aplicada-a-covid-19/.

 

Continue Lendo

Estado

Secretarias de Governo unem esforços para avançar na análise do Cadastro Ambiental Rural

Novo módulo do CAR busca unir esforços das instituições para avançar nas coletas de dados ambientais

Publicados

em

Secretário Thiago Dourado e equipe participam de videoconferência com a ministra Tereza Cristina

Na manhã desta terça-feira, 14, o secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), Thiago Dourado, participou de uma videoconferência apresentada pela Ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Tereza Cristina, direcionada aos secretários de Agricultura dos estados para apresentação do Módulo de Análise do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para o Território Nacional.

O novo módulo do CAR, em processo de implantação, busca unir esforços das instituições para avançar nas coletas de dados ambientais (georreferenciamento, planejamento, regularização e monitoramento ambiental), visando uma plataforma mais dinâmica e eficaz no atendimento aos produtores rurais.

“A intenção é unir esforços entre a Secretaria da Agricultura, Naturatins [Instituto Natureza do Tocantins], Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Ruraltins [Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins] e demais instituições para juntos criarmos mecanismos dinâmicos, em grupo de trabalho para que possamos avançar efetivamente nas análises das informações, contribuindo para atender o produtor rural”, disse o Secretário, Thiago Dourado.

Também participaram da videoconferência o vice-presidente do Ruraltins, José Aníbal Rodrigues Alves, o secretário Executivo da Seagro, Adeniuex Santana, o diretor de Políticas para Agricultura da Seagro, José Américo entre outros técnicos das pastas.

CAR

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) é um registro eletrônico de propriedades e posses rurais instituído pela Lei 12.651/12 com o objetivo de promover a identificação e integração das informações ambientais das propriedades e posses rurais, visando o planejamento ambiental, monitoramento, combate ao desmatamento e regularização ambiental.

 

Continue Lendo

Notícias