Conecte-se conosco

Política

Comissão vai estudar uso múltiplo das águas do distrito irrigado Manuel Alves

Formada por representantes da Secretaria estadual da Infraestrutura, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, e da Secretaria estadual da Agricultura, uma comissão vai debater as condições de uso múltiplo do lago no Distrito Irrigado Manuel Alves.

Publicados

em

Formada por representantes da Secretaria estadual da Infraestrutura, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Turismo e Cultura, e da Secretaria estadual da Agricultura, uma comissão vai debater as condições de uso múltiplo do lago no Distrito Irrigado Manuel Alves. Esse foi um dos encaminhamentos da audiência pública realizada na noite desta segunda-feira, 9, na Câmara Municipal de Dianópolis, região sudeste do Estado.

Conduzida pela deputada Cláudia Lelis (PV), presidente da Comissão de Minas e Energia, Meio Ambiente e Turismo da Assembleia Legislativa, a audiência reuniu parlamentares, secretários de Estado, prefeitos, vereadores e o ministro interino do Turismo, Hercy Filho, que já foi prefeito de Dianópolis.

Autor do requerimento que resultou na realização da audiência pública, o deputado estadual Ricardo Ayres (PSB) informou que vai solicitar ao presidente da Casa, Antonio Andrade (PTB), a retirada de um projeto de lei de sua autoria que institui a Política Estadual de Segurança de Barragens. O objetivo, segundo ele, é acrescentar à matéria regras para o uso múltiplo dessas águas.

Fiscalização

Após os encaminhamentos feitos durante a audiência pública Ayres sugeriu também ao promotor de Justiça de Dianópolis, Adailton Saraiva, a instauração de inquérito civil público com o objetivo de acompanhar as próximas ações.

Demanda

O deputado explicou que a proposta de audiência pública surgiu como uma demanda dos moradores de Dianópolis e municípios vizinhos, como Porto Alegre e Rio da Conceição, já que, segundo eles, o acesso ao lago está proibido, desde 2017, por decisão judicial. “O acesso público e o uso múltiplo do lago do Distrito Manuel Alves, com atividades turísticas, pesca esportiva e afins, tem potencial de criar oportunidades de lazer, esporte e geração de renda para toda a região”, informou.

Serras Gerais

Outra demanda para o incremento do turismo na região foi proposta pelo prefeito de Dianópolis, Padre Gleibson. O gestor sugeriu que as Serras Gerais (parte da maior cadeia de serras do Brasil) sejam incluídas no programa Investe Turismo. A proposta será levada oficialmente ao Ministério do Turismo, e se aceita a região receberá investimentos como incentivos a novos negócios, acesso ao crédito, melhoria de serviços, inovação e marketing voltados para o setor.

Sem promessas

Sem querer fazer promessas, o ministro interino do Turismo, Hercy Filho, disse que levará ao conhecimento do titular da pasta, Marcelo Álvaro, todas as demandas apresentadas. “Nós vamos fazer os encaminhamentos e buscar as medidas que poderemos adotar para atingir os objetivos. Todos têm a ganhar com um turismo mais forte na região”.

Referindo-se especificamente ao lago do projeto Manuel Alves, ele enfatizou a importância da pesca esportiva. “Além de preservar, o turista pescador esportivo gasta muito nos locais aos quais viaja”, concluiu.

 

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política

Kátia Abreu defendeu investimentos no Matopiba durante a Semana Oficial de Engenharia e Agronomia

Parlamentar palestrou um convite do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea)

Publicados

em

Ao participar da 76ª Semana Oficial de Engenharia e Agronomia, em Palmas, a senadora Kátia Abreu (PDT-TO) defendeu o potencial do Matopiba para investimento e desenvolvimento da agropecuária brasileira. Um parlamentar agradeceu a Confea por ter escolhido ou Tocantins como sede para a realização de eventos e detalhando os principais desafios da região.

“Estamos contentes do Confea ter trazido para Palmas esse encontro importante. São pessoas do Brasil inteiro, com mais de 200 segmentos de engenharia, que passam quatro dias no Tocantins participando de mais de 500 palestras e workshops. Essa troca de experiências entre engenheiros de todo o Brasil traz mais bagagem e conhecimento para o nosso Tocantins e para o Matopiba ”, afirmou.

Logística

Para um senador, uma região tem gargalos importantes que são resolvidos na área de infraestrutura. “Como última fronteira agrícola em expansão do mundo, uma região tem grandes demandas principalmente na área de logística, um fim de escoar toda essa produção de alimentos”, disse Kátia Abreu.

Kátia Abreu destacou os estados que compõem Matopiba (Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia) representam 9,4% da produção agropecuária brasileira. Nas últimas 25 safras, a produção desta região cresceu 1,3 vezes mais do que a produção brasileira.

Durante sua apresentação, afirmou ainda que, entre as obras na região do Eixo Arco Norte, são prioritárias a viabilização da Hidrovia Tocantins, como as rodovias BR-242, BR-010, uma construção da BR-235 e a duplicação de Belém-Brasília (BR -153).

Continue Lendo

Política

Governo firma parceira com “Sistema S” que vai beneficiar os 139 municípios com qualificação profissional

Termo visa à colaboração para ofertar cursos contemplados no eixo temático estruturante da área do Plano Estadual de Inclusão Produtiva

Publicados

em

A diretora regional do Senai, Márcia Rodrigues de Paula, destacou que a grande importância da parceria com a Setas

O Governo do Tocantins, por meio da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) assinou, na tarde desta terça-feira, 17, um Termo de Compromisso Técnico entre as instituições do “Sistemas S” e Secretarias Municipais de Assistência Social. O termo visa à colaboração técnica para ofertar cursos de qualificação profissional, contemplados no eixo temático estruturante da área do Plano Estadual de Inclusão Produtiva e vai beneficiar famílias dos 139 municípios tocantinenses.

O evento foi realizado no auditório do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), em Palmas e contou com a presença de  cerca de 170 pessoas.

A secretaria municipal de Assistência Social de Aparecida do Rio Negro, Ana Cláudia Moura, disse que os cursos vão trazer grande oportunidade para os municípios. “Principalmente os pequenos, que passam por dificuldades financeiras, mas precisam capacitar as pessoas que precisam melhorar seus rendimentos, melhorando assim a qualidade de vida das famílias”, afirma Ana Cláudia.

O secretário da Setas, José Messias Araujo,  destacou que a realização desse tipo de parceria,  no sentido de avançar no desenvolvimento econômico e social do Tocantins, é uma das prioridades do Governado do Estado. “Essa parceria traz grandes oportunidades e é um grande passo para que o Governo avance mais ainda para atender a todas as demandas do Tocantins”, enaltece o gestor.

A diretora regional do Senai,  Márcia  Rodrigues de Paula, destacou que a grande importância dessa parceria é a soma de esforços, junto com a Setas, num trabalho articulado, focado em oportunidade, sabendo o que é necessário para esse  desenvolvimento juntamente com a qualificação.  “Quando se une os dois elos é uma ponte em prol da inclusão do profissional no mercado de trabalho e consequente geração de renda”, afirmou.

Cursos

Os cursos terão carga horária com 60 até 1.200 horas e previsão de inicio ainda em 2019.  O objetivo central é apoiar o desenvolvimento profissional de famílias beneficiárias dos Programas de Transferências de Renda, por meio da Gerência de Inclusão Produtiva, com ênfase para os beneficiários do Programa Bolsa Família.

Segundo o conselheiro de Economia Solidária da Setas, Valter Frota as qualificações profissionais foram solicitadas pelos gestores municipais após o sucesso das edições das capacitações do Plano de Inclusão Produtiva, realizados pelo Governo do Tocantins, por meio da Setas, nesse ano.

“Sistema S”

O “Sistema S” é composto por uma série de instituições e representa um conjunto de organizações e entidades voltadas para questões profissionais diversas. De uma forma geral, elas servem de apoio para a indústria, para o varejo e para os próprios trabalhadores, em diferentes ramos.

 

Continue Lendo

Política

Deputados comemoram enquadramento do Estado na LRF

Publicados

em

O enquadramento das contas públicas do Estado do Tocantins nos termos da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) foi celebrado pelos deputados na sessão desta terça-feira, 17. Concedida pelo secretário da Fazenda, Sandro Armando, em entrevista coletiva nesta segunda, 16, a notícia repercutiu no plenário da Assembleia Legislativa.

A deputada Valderez Castelo Branco (PP) parabenizou o Governo pela conquista e lembrou a decorrente liberação de empréstimos que vão subsidiar investimentos no Estado.

Já o presidente da Casa, deputado Antônio Andrade (PTB), disse que as contas estaduais estão desenquadradas há quase dez anos, mas que hoje são gastos 47,8% do orçamento com folha (o limite é de 49%). “A participação dos deputados foi muito importante. Hoje, o Estado tem condições de contrair qualquer empréstimo”, comentou.

Andrade informou ainda que em 30 dias as obras da nova ponte de Porto devem começar. O enquadramento também vai viabilizar a ampliação do hospital de Araguaína, a construção do novo hospital de Gurupi, além do R$ 1,02 milhão para cada um dos 139 municípios.

Para o parlamentar Amélio Cayres (SD), o mais importante é que o Estado terá margem para investir. “O Tocantins virou, nos últimos anos, uma máquina de pagar folha e custeio. Mas Estado que não investe, não cresce”, lembrou.

”Não é fácil começar com demissões um mandato”, comentou Léo Barbosa (SD). “Sofremos no início com os ajustes. E, depois de muitos anos, o pagamento do servidores vai sair em dia a partir do próximo mês”, comemorou.

Continue Lendo

Notícias