Conecte-se conosco

Cidades

Carmen, De Georges Bizet será exibida no Cine Cultura neste sábado, 12

Festival Ópera na Tela exibe neste sábado, às 19h, a obra Carmen

Publicados

em

Festival Ópera na Tela exibe neste sábado, às 19h, a obra Carmen

O Festival Ópera na Tela exibe neste sábado, às 19h, a obra Carmen, da diretora argentina Valentina Carrasco, que optou por revisitar a obra tragicômica de Bizet no contexto da crise da imigração americana. A ação se desenvolve no México e nos Estados Unidos, precisamente na fronteira que separa os dois países.

Com Carmen, criada em março de 1875, Bizet apresentou uma visão muito moderna e sem filtros que provocou escândalo na época, chocando a burguesia e a crítica. Vivendo na pobreza, o compositor morreu na noite da 33ª apresentação de Carmen, quando tinha apenas 36 anos. Esta impetuosa versão de sua obra, montada mais de 140 anos depois da sua estreia, é uma bela homenagem à sua audácia e à sua coragem.

O Festival Ópera na Tela é uma parceria da Fundação Cultural de Palmas (FCP) com a distribuidora BonFilm e as exibições acontecem a cada 15 dias, no Cine Cultura Palmas, no Espaço Cultural José Gomes Sobrinho.

Os ingressos podem ser adquiridos na Loja da Fundação Cultural no Capim Dourado Shopping, de segunda a sexta de 12 às 22h, e aos sábados de 12 às 18h, e ainda na bilheteria do cinema a partir das 18 horas. Os valores do Ópera na Tela são de R$ 20,00 (inteira) e R$ 10,00 (meia). Mais informações pelos telefones 2111-2405/ 98448-6637.

Sinopse

O tradicional drama passional entre a cigana Carmen e o soldado Don José é aqui apresentado no contexto da crise em torno da questão da imigração na América do Norte e se desenrola na fronteira entre o México e os Estados Unidos. Enfaticamente contemporânea, nem por isso essa produção deixa de respeitar fielmente a partitura original.

Cidades

Prefeito Joaquim Maia entrega revitalização do Memorial Heróis do Tocantins

Publicados

em

A tão esperada revitalização do Memorial Heróis do Tocantins, na orla de Porto Nacional, aconteceu e foi entregue pelo prefeito Joaquim Maia à população portuense, ao pôr do sol dessa quarta-feira, 19, embaixo de uma Figueira centenária, onde fica o monumento. O Memorial tem uma simbologia histórica, e é também uma área de contemplação e turismo da cidade.

A obra foi entregue diante de autoridades dos mais destacados seguimentos públicos do município. Sendo, oficialmente, registrada e resgatada toda a posteridade. O nome de homens e mulheres, heróis que os livros históricos já documentaram com afeição.

O Prefeito de Porto Nacional, Joaquim Maia explicou que é sabido pedagogicamente, em registros impressos e falados, os feitos e ações dos que foram agentes institucionais nesta luta centenária, como governadores, senadores, deputados federais e estaduais, dentre outros.“A todos os que lutaram nas tribunas dos parlamentares, nas tipografias noticiosas, nos gabinetes representativos, nos sertões, nas trincheiras da fé cristã, nos lares sagrados das famílias simples – mas determinadas em abrir janelas da liberdade – e, principalmente, nos movimentos populares que fizeram de corações e almas, a bandeira libertária de um povo, rendemos as nossas homenagens em forma de reconhecimento e tributo”, concluiu o Prefeito.

De acordo com o secretário municipal da Cultura e do Turismo, Arnaldo Bahia, “trata-se de um monumento singular, pois o Memorial foi erguido às margens do Rio Tocantins, nas ribanceiras das histórias que um dia abrigou o lendário Felix Camôa”, disse o gestor.

O evento foi marcado por muita festa com a presença da Banda de Música da Guarda Municipal Mestre Adelino

Continue Lendo

Cidades

Secretaria Municipal da Educação promove atividades educativas e culturais na 38ª Semana da Cultura

Publicados

em

 

Cerca de 400 crianças da Rede Municipal de Ensino de Porto Nacional fizeram apresentações artísticas durante toda a manhã desta quinta-feira, 20. A “Equipe Alegria – Duelo de Mágicos”, da Secretaria da Educação, foi a primeira a se apresentar. Em seguida foi a vez da apresentação teatral “A Rica e a Pobre”, da Escola Deasil Aires. A “Dança do Carimbó” foi outra surpresa apresentada pelas crianças da Escola União e Progresso. Toda a programação aconteceu no Centro de Convenções Vicente de Paula Oliveira, na orla da cidade.

Houve também as coreografias “Raízes da Nossa Terra”, uma apresentação preparada pela Escola Marieta Macedo Maia, e a “Frutos da Terra”, da Escola Dr. Euvaldo Thomaz de Souza.

De acordo com a secretária municipal da Educação, Shyrleide Maia, ‘todas as apresentações foram elaboradas e organizadas por nossa equipe de formadores da Secretaria, além disso, teremos mais apresentações ainda nesta quinta-feira, e também amanhã pela manhã, no mesmo local”, afirmou Shyrleide Maia.

Para a superintendente da Educação, Deusina Ribeiro, “a realização das ações é importante para o fortalecimento dos vínculos na educação – cultura, bem como, para propor um trabalho com a perspectiva de resgatar a cultura regional, para que nada se perca”, explicou a Superintendente.

Continue Lendo

Cidades

Meio Ambiente: Prefeitura de Porto Nacional realiza 4º Fórum da Agenda 21

Publicados

em

A Prefeitura de Porto Nacional, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente está realizando o 4º Fórum da Agenda 21 Municipal. Nessa quarta-feira, 19, a equipe técnica da pasta fez um monitoramento das ações propostas em 2018 por cada secretaria, instituição e órgãos, depois da consolidação do Plano Local de Desenvolvimento Sustentável (PLDS), no ano passado. O objetivo do projeto é saber se as recomendações foram executadas e se há dificuldades na implementação das ações.

Outro propósito é o de constituir o Fórum da Agenda 2030 Municipal. Com o planejamento, o Plano permitirá diagnosticar os problemas, identificar as vocações e explorar as potencialidades do município, sustentavelmente. Essa iniciativa está sendo realizada dentro da 38ª Semana da Cultura e da 7ª Semana do Meio Ambiente.

“Essas ações prioritárias estão entre os 17 objetivos de desenvolvimento sustentável que são o que há de mais moderno hoje, no mundo, e Porto Nacional está entre as poucas cidades tocantinenses que se destaca por ter concretizado o PLDS”, disse o secretário executivo de Meio Ambiente, Eduardo Benvindo da Cunha.

Dentre os objetivos estão: assegurar uma vida saudável e promover o bem-estar para todos, em todas as idades; assegurar a disponibilidade e gestão sustentável da água e saneamento; promover o crescimento econômico sustentado, inclusivo e sustentável, emprego pleno e produtivo, e trabalho decente para todos; tornar as cidades e os assentamentos humanos, inclusivos, seguros, resilientes e sustentáveis; e assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Em 2018, com a consolidação do PLDS, o município conseguiu garantir a inter-relação homem, sociedade e natureza, o que trouxe melhora na qualidade de vida da população, de forma sustentável e participativa.

Segundo a secretária de Meio Ambiente, Sarah Mourão, a pasta é a responsável por coordenar o Fórum e elaborar o Plano, com base no Decreto nº 825, de 29 de novembro de 2017. “A Agenda 21 funciona como um instrumento de planejamento para a construção de sociedades sustentáveis, que concilia métodos de proteção ambiental, justiça social e eficiência econômica”, lembrou a Secretária.

De acordo com o Decreto, o Fórum da Agenda 21 tem que coordenar a construção, o monitoramento, e a avaliação da implementação da Agenda. Os resultados devem ser repassados através de um relatório anual de planejamento participativo, buscando um processo mais transparente e contínuo. 

Protocolo Municipal do Fogo

Junto com as discussões do Fórum da Agenda 21, a Secretaria trouxe para debate, assuntos relacionados ao uso do fogo. Ações a serem firmadas no Protocolo Municipal de Prevenção e Controle do Uso do Fogo, como por exemplo, a redução da incidência de focos de incêndios e queimadas no município.

As atividades serão desenvolvidas pelas pastas competentes, bem como, por pessoas interessadas em cooperar nos trabalhos de prevenção e controle dos índices de focos de calor no Município. 

II Fórum Municipal Lixo e Cidadania

Outro evento importante realizado pela prefeitura de Porto Nacional foi o II Fórum Municipal Lixo e Cidadania que objetivou proporcionar novas aplicações aos resíduos sólidos, por meio da reutilização e reciclagem de materiais, ou seja, o futuro da coleta seletiva em Porto Nacional, de uma forma sistêmica.

Continue Lendo