Conecte-se conosco

Cidades

Bancada Federal pede alteração em edital de concessão da BR-153 na reta final do fechamento do Edital

O comunicado foi dado ao site Gazeta do Cerrado. A Bancada Federal tem como coordenador o deputado Federal Carlos Gaguim (DEM) informou apenas sobre a previsão de duplicação a partir do 16º de concessão, deixando vago se houve cobranças de intervenções não previstas no edital como alça viária em Gurupi, implantação de terceira faixa e intervenções nas marginais da BR-153 no trecho urbano de Gurupi ausentes na minuta do Edital de concessão da BR-153.

Publicados

em

Participaram do encontro os deputados federais Carlos Gaguim (DEM), Vicentinho Jr (PL) e Tiago Dimas (SD).

Após a repercussão negativa da Audiência Pública da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) ocorrida no dia 31 de agosto em Gurupi para colher sugestões sobre as minutas de edital e contrato, o Programa de Exploração da Rodovia e os estudos de Viabilidade para concessão de 850,7 km da rodovia BR-153/414/080/TO/GO, trecho de Anápolis a Aliança. A Bancada Federal do Tocantins esteve reunida nesta quarta-feira, 11, para solicitar ao Diretor-Geral da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Mário Rodrigues Júnior, e ao superintendente, Marcelo Alcides dos Santos, a duplicação do trecho tocantinense.

“Reitero que essa demanda surgiu pela preocupação da Bancada quanto aos termos presentes na minuta do edital e do contrato divulgados no site ANTT, que prevê o início das obras de duplicação do trecho tocantinenses apenas a partir do 22º ano”, afirmou o coordenador da Bancada, Carlos Gaguim, ao site Gazeta do Cerrado.

O Portal Atitude tentou ouvir a assessoria do deputado Carlos Gaguim, sobre outras intervenções, conforme apontaram representantes da Associação dos Engenheiros Sul Tocantinense (AESTO) em recente entrevista ao Portal Atitude, mas até o fechamento da matéria não teve respostas. A minuta do Edital produzido pela ANTT poderá ser alterado até a próxima sexta-feira, 13.

 

Site atitudeto 

 

Continue Lendo
Clique para comentar

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Cidades

‘Marcha para Jesus’ acontece dia 28 em Gurupi, com apoio da Prefeitura; Casa Worship é a atração principal

Publicados

em

Mais uma vez a Prefeitura de Gurupi, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, apoia e incentiva a Marcha Para Jesus, que está em sua quarta edição, e acontecerá no dia 28 de setembro em comemoração ao dia do Evangélico.

O evento é uma celebração a Cristo que reúne milhares de pessoas das igrejas evangélicas e de outras religiões, organizado pela Aliança dos Ministros Evangélicos de Gurupi (AMEG).

O prefeito Laurez Moreira comenta que sua gestão abraça todas as causas que promovem o bem-estar e os eventos religiosos têm essa potencialidade. “Apoiamos e incentivamos tudo o que é bom para nossa comunidade, e a Marcha para Jesus é um movimento que traz uma mensagem de paz, equilíbrio e celebração, além de ser também um evento que movimenta a economia da nossa cidade”, destacou.

Conforme a Secretária Municipal de Cultura de Gurupi, Zenaide Costa, é uma orientação do prefeito auxiliar em todas as causas que são para o bem comum e a Secretaria sempre apoia os eventos religiosos da cidade, pois Gurupi é uma cidade em que as pessoas praticam bastante a fé e a religiosidade. E como apoio a Secretaria está disponibilizando trio elétrico, som, iluminação e cadeiras para que o evento seja como o povo merece.

Segundo a organização, a concentração da Marcha Para Jesus será às 15h no Parque Mutuca de onde partirão pela avenida Goiás e seguirão até o Centro de Convenções, onde acontecerá no palco externo apresentações musicais e shows das bandas Casa Worship e Louve & Adore, a partir das 20h.

Continue Lendo

Cidades

Equipamentos do Projeto “Olho Vivo” serão entregues hoje (18) para a Polícia Militar de Gurupi

Publicados

em

Gurupi encontra-se no desenvolvimento de franco, exemplo disso são como diversas obras que vem sendo inauguradas e novos empreendimentos se instalando na cidade. Tendo em vista o progresso constante, para melhorar e ampliar a segurança pública do município, a Prefeitura de Gurupi implantará o Sistema Integrado de Monitoramento de Segurança “Olho Vivo”. Nesta quinta-feira (19), o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, apresentou a entrega dos materiais para o projeto que pode ser iniciado. A solenidade será às 18h, no gabinete do prefeito, localizado na Rua 01, com Av. Maranhão.

O Projeto “Olho Vivo” é de autoria do 4º Batalhão da Polícia Militar (4º BPM). A Prefeitura de Gurupi é parceira por meio da aquisição e cessão de equipamentos, aprovada pela Câmara Municipal através da Lei nº 2.450. O objetivo é implantar câmeras de vídeo em pontos estratégicos da cidade. O “Olho Vivo” irá fortalecer o sistema de segurança do município.

De acordo com o projeto, o sistema integrado contém 16 câmeras de longo alcance nos locais com maior índice de criminalidade, aplicadas pelo Geoprocessamento de Ocorrências Policiais do 4º BPM, potencializando o policiamento preventivo nos principais locais de concentração de delitos. A central de monitoramento montado na sede do 4º BPM e será coordenada pelo Sistema Integrado de Operações (SIOP).

Para o prefeito Laurez Moreira, esse é um projeto de dados longos que vem para ampliar a eficiência da Polícia Militar e consequentemente a segurança pública em Gurupi. “Esse é um projeto muito aguardado pela sociedade gurupiense; então, com sua implantação nós teremos mais tranquilidade e aumentamos a eficiência da Polícia Militar. É um ponto de partida para melhorar a segurança pública em Gurupi e o bem estar da população. E nosso intuito é ampliar o número de câmeras instaladas ”, disse.

Para o comandante da Polícia Militar de Gurupi, o tenente-coronel Jaime Porfírio de Souza, o projeto “Olho Vivo” é a suma importância para o policiamento ostensivo e preventivo. “Os benefícios dos equipamentos cedidos pela Prefeitura de Gurupi refletem a garantia de mais segurança para a nossa cidade. A importância do monitoramento de vídeo está ligada ao controle de acesso em áreas restritas, ao monitoramento de pessoas em áreas privadas e públicas, ao fluxo de veículos em diversos locais, na fiscalização do trânsito e no acompanhamento de grandes eventos e manifestações públicas ”, disse.

Continue Lendo

Cidades

Laurez sanciona Leis que instituem a Capelania Voluntária e os dias do Pastor e do Capelão em Gurupi

Publicados

em

Na tarde desta terça-feira (17), o Gurupi Laurez Moreira sancionou em seu gabinete três Leis que não inserem calendário oficial no município de dias e dias como Pastor e Capela Evangélica Civil e Militar. Também foi instituído pelo Capelania Evangélica Voluntária em Gurupi. Pastores, capelães e convidados podem assinar a assinatura.

A Lei Nº 2.452 institui o dia do pastor durante o segundo domingo do mês de junho. A Lei Nº 2.448, instituído pelo dia-a-dia evangélico civil e militar, usado no dia 21 de junho. “É motivo de muita alegria a nossa categoria de pastores ser reconhecida na nossa cidade e ter um dia certo para comemorar isso. O reconhecimento do poder público é muito importante, temos certeza de que estamos no caminho certo e que Gurupi será muito abençoado ”, disse o pastor Cesar Assunção, presidente da Aliança dos Ministérios Evangélicos de Gurupi (AMEG).

Já a Lei Nº 2.447 institui a Capelania Evangélica Voluntária em Gurupi. Será um serviço de assistência religiosa com o objetivo de contribuir para o bem-estar religioso e espiritual, com atuação em áreas da guarda municipal, prisional, infantil, fúnebre, hospitalar, social, estudantil, esportiva, meio ambiente e pós-desastre ecológico. Os capelães integrantes não serão remunerados, servirão à coletividade, como prestação de serviços de utilidade pública.

A coordenação do serviço voluntário será feita por um capitão titular formado em curso específico de capelania, credenciado pela unidade de capelania voluntária da União Internacional de Pastores e Capelães Voluntários (UNIPAS).

Segundo diretor regional da UNIPAS-TO, o pastor Gilberto Correia, Gurupi é a primeira cidade do Tocantins a instituir a Capelania Voluntária e o dia da Capelão. “Essa homenagem também é importante porque Gurupi se torna a primeira cidade do Estado há um dia específico na comemoração ao capelão e a primeira no serviço de capelania voluntária, que é um trabalho muito importante que irá contribuir com a assistência religiosa na população gurupiense , em qualquer situação ”, relatou Gilberto.

“Fico muito feliz em aprovar essas Leis e prestigiar esse trabalho fundamental dos pastores e capelães em Gurupi. São homens e mulheres vocacionados que deixam os seus compradores para se dedicar ao interesse e bem estar no próximo. Todo o ser humano requer um amparo religioso e Gurupi na classe religiosa não tem medido esforços para atender a essa demanda na nossa cidade ”, frisou o Prefeito Laurez Moreira.

Estiveram presentes na solenidade dos verificadores Ivanilson Marinho e Jair Souza, ambos do segmento evangélico.

Continue Lendo

Notícias